FUNAI – Política indigenista brasileira é citada como exemplo para países membros do Foro Permanente de Questões Indígenas da ONU

Termina hoje 18, a XI Sessão do Foro Permanente DE Questões Indígenas (FPQI), na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. Este ano, a conferência adotou como tema principal “A doutrina do descobrimento: seu impacto sobre povos indígenas e o direito à reparação por conquistas passadas”. O Foro Permanente para Questões Indígenas foi formado pelo Conselho Econômico e Social da ONU em 2000. Ele conta com 16 peritos independentes que disseminam informações e fazem recomendações relativas a assuntos indígenas ao sistema da ONU. Leia mais »

Participação de Roraima na Rio+20.

O Fórum de Desenvolvimento Sustentável está realizando desde ontem, no auditório da Universidade do Estado de Roraima  (UERR), uma série de palestras e debates entre representantes da sociedade organizada e autoridades sobre a participação de Roraima na Rio+20.

Participam do evento que se encerra hoje, mais de 180 representantes de instituições, dos vários segmentos da sociedade. O objetivo é compor uma agenda de propostas para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. Leia mais »

RR – Jucá diz esperar que Câmara vote projeto sobre mineração em terras indígenas até o fim do ano

Em pronunciamento nesta quinta-feira (17), o senador Romero Jucá (PMDB-RR) disse esperar que a Câmara reenvie ainda neste ano ao Senado projeto de sua autoria que trata da mineração em áreas indígenas. O PLS 121/1995 (PL 1610/96 na Câmara) está sendo discutido por uma comissão especial criada para analisar o tema. Segundo o senador, a mineração nas terras indígenas está prevista na Constituição, mas falta lei que a regulamente. Leia mais »

Rio+20 – Jorgen Randers debate cenário global de mudanças climáticas

A Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, a ser realizada em junho no Rio de Janeiro, voltou a ser tema de debate no Senado. O estudioso norueguês Jorgen Randers, professor de Estratégia Climática da BI Norwegian Business School, apresentou uma análise geral para o cenário de mudanças no clima da Terra, tendo como pano de fundo sua visão de sustentabilidade. Ele é o autor do livro The Limits to Growth (Os Limites para o Crescimento, de 1972), que tem sido atualizado desde sua primeira publicação. Leia mais »

Rio+20 – Especialistas conseguem manter desertificação no documento que servirá de base para discussões da Conferência

Depois de 20 anos de tentativas, desde a Rio 92, o grupo de especialistas que tenta incluir o problema da desertificação na agenda de desenvolvimento mundial, conseguiu manter o tema no documento que servirá de base para as negociações da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, evento que a capital fluminense sedia em junho. Leia mais »

Rio+20 – Museu da Vida inaugura exposição Nós do mundo

Evento é parte das atividades da Fiocruz para a Rio+20. A mostra trata da relação entre os seres humanos e o planeta e integra as atividades da Fiocruz para a Rio+20 – a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável de 13 a 22 de junho -, marcando também os aniversários de 13 anos do Museu da Vida, de 25 anos da Casa de Oswaldo Cruz e os 112 anos da Fundação. Conta com imagens, áudio, vídeos e atividades interativas para abordar temas como consumismo exagerado, mudanças climáticas, matrizes energéticas, desigualdades sociais e degradação do meio ambiente. Leia mais »

MT – Tecnologias em sistemas integrados são apresentadas em dia de campo da Embrapa

Alerta feito durante o evento foi em relação ao pau-de-balsa. A espécie, nativa da Amazônia Central, já tem quase 8.000 hectares plantados em Mato Grosso, porém ainda enfrenta um gargalo de mercado.

Resultados e tecnologias disponíveis para sistemas integrados de produção agropecuária foram apresentadas a produtores, técnicos, estudantes e professores durante o 6º Dia de Campo da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta no Bioma Amazônico, realizado no último sábado, na fazenda Gamada, em Nova Canaã do Norte. O evento foi promovido pela Embrapa, em parceria com a Famato e Fortuna Nutrição Animal. Leia mais »

AM – Nível do rio Negro sobe mais dois centímetros, diz CPRM

O nível do rio Negro subiu mais dois centímetros nas últimas 24 horas. Segundo o Serviço Hidrográfico do Porto de Manaus (SNPH), a cota registrada às 6h30 desta quinta-feira (17) é de 29,80 metros.

Leia mais »

PA – Cheias no oeste do Pará afetam milhares de pessoas

A Defesa Civil Estadual (DCE) informou na tarde desta quarta-feira (16) que o número de pessoas afetadas diretamente pela enchente no oeste do estado do Pará aumentou e já ultrapassa 115 mil pessoas encontradas em situação de emergência. Leia mais »

83% do Amazonas sofre as consequências da maior cheia da história

Dos 62 municípios, 52 já decretaram estados de emergência. No total, 77 mil famílias no Amazonas já sofrem com a cheia dos rios. O fenômeno trouxe prejuízos de R$ 60 milhões para o Estado

No Amazonas, 83% dos municípios foram afetados pela cheia dos rios. O número representa aproximadamente 3,3 milhões de pessoas em todo o Estado. O fenômeno já trouxe prejuízos de R$ 60 milhões devido a queda da produção agrícola dos municípios. Leia mais »

AM – Com 29,78 m, Rio Negro tem novo recorde e ultrapassa cheia de 2009

Em 2009, cota do rio Negro chegou a 29,77 m; marca histórica foi batida. CPRM diz que ritmo de subida do rio deve diminuir nos próximos dias.

O nível do rio Negro bateu, nesta quarta-feira (16), o recorde da maior cheia registrada nos últimos cem anos, de acordo com a Superintendência de Navegação, Portos e Hidrovias do Amazonas (SNPH). A cota chegou a 29,78 m, superando em 1cm a cota registrada em 2009, quando o nível do rio chegou a 29,77 m, o maior registro até então. Leia mais »

Rio+20 – Só haverá desenvolvimento sustentável com participação da sociedade civil, diz embaixador na CMMC

O embaixador André Correa do Lago, diretor do Departamento do Meio Ambiente e Temas Especiais do Ministério das Relações Exteriores, disse que o desenvolvimento sustentável “só pode ser paradigma efetivo do desenvolvimento futuro se a sociedade civil tiver o interesse, o entusiasmo e as ações para que isto possa acontecer”. Em audiência pública na Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC), nesta quarta-feira (16), o parlamentar afirmou que “o desenvolvimento sustentável não pode ser imposto pelos governos: tem que contar com a participação da sociedade civil e tem que contar igualmente com estrutura multilateral para assegurar o equilíbrio entre os diversos países”, já que muitos deles não têm condições econômicas de desenvolver autonomamente este processo. Leia mais »

DF – Agronegócio pode ser sustentável sem desmatamento, diz professor da USP

O professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP Marcos Fava Neves reforçou que o Brasil tem espaço para ampliar o agronegócio sem precisar desmatar. Ele avalia que, até 2020, o País será o maior produtor mundial de alimentos a partir de uma agricultura sustentável. Durante audiência pública da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural para debater os impactos e desdobramentos do novo Código Florestal Brasileiro, Neves enfatizou que é um desserviço fomentar a oposição entre ruralistas e ambientalistas no debate sobre o Código Florestal. Leia mais »

Rio+20 – Agenda de Eventos

A Coordenação da Conferência das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio+20 – está divulgando a previsão dos eventos que serão realizados. Detalhes dos eventos podem ser obtidos e atualizados acessando o site http://www.onu.org.br/rio20/ . 

A Fundação para o Ecodesenvolvimento da Amazônia – ECOAMAZÔNIA – tem divulgado neste espaço eventos precursores da Rio+20 e opiniões de diversos segmentos que acompanham e debatem os temas relacionados com o desenvolvimento sustentável dos diversos agrupamentos humanos. Tem-se buscado dar uma ampla visão do que vem a ser o “Desenvolvimento Sustentável” de um grupo humano, seja nas grandes metrópoles, seja no meio rural, ou ainda em comunidades tradicionais.

Pessoas e entidades interessadas em divulgar suas ideias sobre a Rio+20 podem entrar em contato com a ECOAMAZÔNIA via email: jaime@ecoamazonia.org.br ou contato@ecoamazonia.org.br

Leia mais »

AM – Rio Negro tem novo recorde e ultrapassa cheia de 2009 – Nivel da água chegou a 29,78 metros, um centímetro a mais que há três anos

O rio Negro, em Manaus, superou nesta quarta-feira a cheia histórica registrada em 2009 ao atingir nível de 29,78 m, superando em 1cm o recorde anterior de 29,77 m. A maioria dos picos da cheia acontece no mês de junho, 19% em julho e apenas 6% em maio, de acordo com dados do Serviço Geológico do Brasil (CPRM). É a maior cheia em 110 anos, desde quando começou a ser feita a medição no porto de Manaus, em 1902.

Antes de 2009, o recorde de cheia foi registrado em junho de 1953, quando o rio Negro atingiu 26,69 metros. Na avaliação do chefe de Hidrologia do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Daniel Oliveira, as cheias são fenômenos naturais e ocorrem em maior ou menor magnitude devido a precipitação que ocorre em toda a bacia hidrográfica. “No caso de 2009 e deste ano, tivemos o fenômeno La Niña, que provocou maiores precipitações na Amazônia”.

Mais de 10 mil famílias, em 11 bairros de Manaus, foram atingidas pela subida do nível do Negro. Entre os locais mais afetados está o centro da cidade, incluindo o prédio da Receita Federal e a alfândega portuária, onde um trecho da avenida Eduardo Ribeiro foi fechado pelo instituto de trânsito municipal, e bairros como Raiz, Educandos e Glória.

FONTE : http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/am/2012-05-16/rio-negro-tem-novo-recorde-e-ultrapassa-cheia-de-2009.html