Revista Trip – Entrevista Davi Kopenawa Yanomami

Difícil não sentir certa culpa conversando com Davi Kopenawa Yanomami. Durante os dois dias em que a reportagem da Trip acompanhou a rotina da principal liderança indígena brasileira, ele não aliviou em nada a barra pra nós, homens brancos, ou napë: aponta para a aliança do repórter para exemplificar como estamos acostumados com ouro, prata e outras riquezas naturais que vêm, por exemplo, do garimpo que há séculos destrói terras indígenas e mata seu povo. Não vê esperança no futuro, seja de índios ou do que chama de povo da cidade: “Ou vamos morrer queimados, ou vamos morrer afogados”. Critica todos os governantes do Brasil e do exterior, de ontem e de hoje, e acha que na Rio+20 não tiveram interesse em ouvi-lo. Não se cansa de repetir que os índios nunca foram respeitados e que brancos não entendem a importância de preservar a natureza. “Pra que vocês vão pra escola? Pra aprender a ser destruidor? Nossa consciência é outra. Terra é nossa vida, sustenta a barriga, é nossa alegria. É boa de sentir, olhar… é bom ouvir as araras cantando, as árvores mexendo, a chuva.” Leia mais »

Cientistas do Amazonas temem aumento de mercúrio na região

Uma medida do governo do Amazonas para regulamentar os garimpos de ouro no Estado está sendo questionada pela comunidade científica local, que teme o agravamento dos altos níveis de mercúrio nos rios da Amazônia. Usada na extração do minério, a substância tóxica é manejada pela crescente leva de pequenos garimpeiros que chega à região.  Leia mais »

Desmatamento na Amazônia Legal

Em junho de 2012, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) detectou 34,5 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal. Isso representou uma diminuição de 66% em relação a junho de 2011 quando o desmatamento somou 100,5 quilômetros quadrados. Devido a cobertura de nuvens, foi possível monitorar 73% do território, um valor maior que junho de 2011 (65%). Leia mais »

RR – Hoje tem audiência pública no Caracaranã para discutir turismo em áreas indígenas

 Nota da Ecoamazônia, o evento previsto para 21  de julho foi suspenso. A nova data não foi confirmada.

 Neste sábado (21), uma audiência pública, no lago Caracaranã, no Município de Normandia, discutirá a exploração do etnoturismo em terras indígenas. O encontro vai reunir representantes de diversas etnias indígenas, sociedade civil e entidades governamentais. Leia mais »

RO – A outra face do progresso

As novas usinas hidrelétricas do Rio Madeira estão sendo construídas com a promessa de crescimento econômico para o Brasil. Mas o que se vê por trás das propagandas é a degradação da comunidade local, e quem sofre os efeitos mais fortes do abandono são as crianças e os adolescentes, muitas vezes levados à exploração sexual como única fonte de renda – Por Maíra Streit Leia mais »

Amazônia – Estudo do Inpa revela causas da morte de árvores

Tempestade, fatores biológicos e estresse. Esses foram os principais fatores da morte de árvores durante um estudo de mestrado realizado no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) pela estudante Clarissa Gouveia pelo período de um ano. Leia mais »

SFB – Editais de concessão florestal têm prazo estendido para setembro

Interessados em concorrer ao manejo de 200 mil hectares para extração sustentável de madeira no Pará e em Rondônia terão até 13/09 para enviar propostas técnica e de preço. Leia mais »

Ibama – Monitoramento ambiental de florestas tropicais é tema de curso internacional

O Ibama encerrou nesta sexta-feira (20/07) o V Curso internacional de Monitoramento de Florestas Tropicais, realizado em parceria pelo Ibama, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA). Desta vez, o curso formará técnicos do Panamá e El Salvador, da América Central. Durante o mês de julho, os técnicos puderam acompanhar o trabalho do Ibama no Centro de Sensoriamento Remoto (CSR) e aprenderam como é feito o monitoramento do desmatamento da Amazônia e como a fiscalização utiliza os mapas de indicativo de desmatamento nas ações em campo. Leia mais »

AC – Queimadas urbanas e rurais preocupam autoridades do Alto Acre

O verão amazônico deste ano está prometendo muitas dores de cabeça às autoridades do Acre. Durante esta semana, o IMAC juntamente com o Corpo de Bombeiros passaram a ter trabalho com o aparecimento de queimadas tanto na zona rural, quanto urbana.

Foto: O Alto Acre

Leia mais »

Nota técnica da Funai sobre a Portaria nº 303/12 da AGU – 20 de julho de 2012

A Fundação Nacional do Índio – Funai, órgão federal responsável pela coordenação da política indigenista do Estado brasileiro, vem a público manifestar sua contrariedade à edição da Portaria n.º 303, de 16 de julho de 2012, que “fixa a interpretação das salvaguardas às terras indígenas, a ser  uniformemente seguida pelos órgãos jurídicos da Administração Pública Federal direta e indireta, determinando que se observe o decidido pelo STF na Pet. 3.388-Roraima, na forma das condicionantes”. Leia mais »

Planalto enquadra ditadura indigenista no Brasil (*)

A publicação da Portaria 303 da Advocacia Geral da União (AGU), que define uma série de salvaguardas institucionais referentes às terras indígenas, em especial, quanto ao acesso a elas e à sua utilização econômica, reforça a tendência de reversão da inclinação antinacional que vinha sendo imposta à política indigenista brasileira desde o final da década de 1980. De fato, desde o ano passado, o governo da presidente Dilma Rousseff tem dado mostras de que tenciona enquadrar as políticas referentes aos assuntos indígenas e ambientais aos interesses maiores da nação, reduzindo gradativamente a influência dos respectivos movimentos na formulação das mesmas. A atuação brasileira na conferência Rio+20 foi a mais recente manifestação desse impulso. Leia mais »

PA – Belo Monte uma usina polêmica – 2ª Parte

A TV Cultura produziu e está divulgando uma série de reportagens sobre a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Leia mais »

MMA – Amazônia faz agenda ambiental

Secretários de Meio Ambiente e representantes dos nove estados que integram a Amazônia Legal, participam, até sexta-feira (20/07), em Palmas, do Fórum dos Secretários de Meio Ambiente da Amazônia Legal. Além da construção de uma agenda ambiental conjunta para a região amazônica, temas como o Plano de Ação para Proteção e Controle do Desmatamento na Amazônia (PPCDAM), agenda de educação ambiental, mitigação e mudanças climáticas e implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) também serão discutidos. Leia mais »