Câmara dos Deputados – Debatedores pedem ação integrada para combate a conflitos no sul do AM

Representantes de órgãos federais e do estado do Amazonas admitiram nesta terça-feira (19), em audiência na Câmara, que há dificuldade de enfrentar a ação de madeireiros, de pistoleiros e de grileiros no sul do Amazonas. Para o secretário-adjunto de Patrimônio da União, Jorge Arzabe, é preciso haver uma ação integrada de combate aos conflitos na região.

Rio+20 – ONG francesa entrega documento com 350 mil assinaturas pedindo o fim de Belo Monte

Os índios da etnia Kaiapó receberam ontem (18) da organização não governamental francesa Planète Amazone documento com cerca de 350 mil assinaturas contra a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que será instalada no Rio Xingu.

Leia mais »

MT – MPF e Xavantes vão cobrar cumprimento do prazo para que Funai apresente o plano de desintrusão da Terra Marãiwatsédé

Vinte dias. Este foi o prazo determinado pela Justiça em 2011, que foi suspenso por quase um ano e que agora está em vigor novamente, para que a Funai apresente um plano para a retirada de fazendeiros, posseiros e grileiros da Terra Indígena Marãiwatséde, em Mato Grosso, e reverta uma situação que começou nos anos 60, quando os indígenas foram retirados do seu território. Em um evento realizado na manhã deste sábado na Cúpula dos Povos, que acontece paralelamente à Rio+20, o Ministério Publico Federal e o cacique Damião Paridzané enfatizaram que estão atentos e irão cobrar o cumprimento do prazo e a efetiva devolução da terra aos índios. O prazo passou a vigorar novamente depois da decisão de 18 de maio do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) que revogou a decisão anterior, do próprio TRF1, que suspendeu a desintrusão da área por cerca de 12 meses.

 

Leia mais »

MMA lança mapeamento de REDD+ na Amazônia – Objetivo é canalizar recursos e desenvolver uma economia verde de base florestal.

A estratégia de redução de emissões provenientes do desmatamento e degradação florestal (REDD+) no Brasil é uma oportunidade de desenvolver e canalizar recursos para uma economia verde de base florestal. É o que mostram estudos lançados neste sábado (16/06) pelo Ministério do Meio Ambiente no Parque dos Atletas, área que reúne eventos paralelos aos encontros oficiais da Conferência das Nações Unidas para Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). Leia mais »

Câmara dos Deputados – Comissões cobram solução para conflitos rurais no sul do Amazonas

Os conflitos rurais e a exploração ilegal de madeira no sul do Amazonas serão temas de debate nesta terça-feira (19), às 14 horas, no Plenário 11. O debate, promovido pelas comissões de Direitos Humanos e Minorias; e da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional, tem o objetivo de cobrar providências do Poder Público para garantir os direitos das famílias ameaçadas. Leia mais »

‘É possível conceber uma Amazônia com desenvolvimento, biodiversidade e pluralidade social?’, questiona diretora da SBPC

Em palestra ministrada no último sábado (16), a socióloga, professora da Universidade Federal do Pará (UFPA) e diretora da SBPC, Edna Maria Ramos de Castro falou sobre o processo histórico de ocupação da região amazônica e questionou o modelo de desenvolvimento econômico usado no Brasil, que contrasta com a visão de comunidades tradicionais e indígenas sobre a relação entre homem e natureza. Leia mais »

PA – Quebradeira em escritório de Belo Monte foi ato espiritual indígena

Indígenas foram os responsáveis pela depredação de vários equipamentos – computadores, cadeiras e mesas – do escritório central da Norte Energia, consórcio construtor da hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira, no Sudoeste do Pará, no sábado. Leia mais »

Xingu+23 – Declaração final

Encerrou-se neste sábado, 16, o encontro Xingu+23, realizado na comunidade de Santo Antônio, a 50 km de Altamira. Participaram cerca de 300 pessoas, entre ribeirinhos, agricultores, pescadores e indígenas dos povosJuruna, Xikrin, Kayapó e Xipaya da região, Munduruku das bacias dos rios Teles Pires e Tapajós e Tembé da região de Belém, além deativistas autônomos de vários estados, integrantes da comunidade acadêmica e representantesde organizações de vários países, como Turquia, Israel, Áustria, Bélgica. Canadá e EUA. Leia mais »

PA – Governador lança proposta de desmatamento líquido zero, até 2020

Desmatamento zero líquido no Pará até o ano de 2020. Este foi o compromisso que o governador Simão Jatene acabou de assumir durante a Conferência Sobre o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, realizada na cidade do Rio de janeiro. “O desmatamento líquido funciona da seguinte forma: qualquer área desmatada deverá ser compensada pelo plantio de floresta nativa. Ou seja, qualquer desmatamento terá de ser compensado com a restauração do que foi derrubado em alguma outra área já alterada”, explicou o governador. Leia mais »

AM – Nova modalidade de desmatamento da Amazônia é identificada

Uma nova modalidade de desmatamento da Floresta Amazônica foi identificada, na sexta-feira (15), por fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e policiais do Batalhão Ambiental da PMAM. A ação foi descoberta durante a Operação Soberania, realizada no Sul do Amazonas. Leia mais »

Diversidade Socioambiental de Roraima

Esta publicação é uma contribuição para o debate sobre o futuro de Roraima, a partir de uma perspectiva socioambiental. Seu ponto de partida é a diversidade socioambiental do território roraimense, uma unidade fronteiriça da federação no contexto da Pan-Amazônia, da Amazônia brasileira e da bacia do rio Branco, como parte da bacia hidrográfica do rio Negro.

Trata-se da primeira publicação do ISA dedicada exclusivamente a Roraima. Faz parte da série “Cartô Socioambiental”. Vem somar a outros estudos e iniciativas regionais orientadas para o conhecimento, valorização e fortalecimento da diversidade socioambiental de Roraima. Com esta publicação o ISA deseja inspirar reflexões e visões para se construir uma agenda compartilhada entre vários setores da sociedade roraimense interessados no desenvolvimento com responsabilidade socioambiental, no bem estar da sua população, no respeito a diversidade cultural e das paisagens e na consolidação do Estado Democrático de Direito. Leia mais »

Cinco mensajes principales de los Pueblos Indígenas a la Cumbre de Río+20

Reconocer y respetar los conocimientos tradicionales vinculados a los medios de vida; el derecho a la tierra y los recursos naturales, y a la participación plena y efectiva en las discusiones y toma de decisiones a todos los niveles son tres de los cinco mensajes principales enviados por los pueblos indígenas a la Cumbre de Río + 20.

Así lo hizo el Grupo Principal de Pueblos Indígenas mendiante una declaración en la que también destaca considerar la Declaración de las Naciones Unidas sobre los Derechos de los Pueblos Indígenas y la cultura como pilar esencial del desarrollo sostenible. Leia mais »

STJ suspende demarcação que ampliaria terra indígena no Norte de Mato Grosso

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu o ato de demarcação que visava ampliar a reserva indígena Kayabi, localizada entre os municípios de Apiacás/MT (vizinho de Alta Floresta) e Jacareacanga (PA). A decisão foi concedida em 13 de junho e atendeu a um recurso protocolado pelo advogado João Agripino Maia, que defende os proprietários de terras na região. Eles seriam os principais prejudicados com o aumento da área indígena que passaria de 117 mil hectares para 1.053 milhão de hectares. Leia mais »

Xingu+23 – Manisfestação em 15 de junho – Liberando o Xingu

O dia começou ainda noite nesta sexta. Às 4h da manhã o acampamento do Xingu +23 na vila de Santo Antonio estava de pé, carregando os ônibus com picaretas, enxadas, pás, mudas de açaí, panelas, o resto do boi abatido na quarta, cruzes e tralhas. As 5h, a caravana se dirigiu para o canteiro de obras da ensecadeira de Belo Monte, barragem provisória que cortou o rio e que havia sido construída nos últimos dias a menos de 200 metros da comunidade.

Após cinco horas – Banner humano

Leia mais »