Ibama intensifica ações de combate a incêndios florestais

Candeias do Jamari, há pouco mais de 20 quilômetros de Porto Velho, foi a primeira cidade a ser atendida pelo Ibama em Rondônia, que entregou equipamentos como bombas de água e abafadores, que serão usados para controlar os focos de incêndios.

Boa parte já está sendo usada, 13 brigadistas vão trabalhar no município e vieram preparados com roupas e acessórios especiais. “O maior desafio é conscientizar a população para não queimar”, afirma o brigadista Dionata Nascimento.

Leia mais »

Plataforma digital promete revolucionar estudos da botânica na Amazônia

A “Era tecnológica” que vivemos é conhecida por realizar grandes feitos a favor do ser humano. A comunicação ganhou maior destaque por causa das transformações pelas quais tem passado. iPad, Tablets, MP10, iPhone, entre outros produtos criados para serem verdadeiros facilitadores da comunicação ganham cada vez mais destaque. Principalmente porque através da internet conseguem manter os seres humanos “conectados”, compartilhando informações em tempo real.

Uma das primeiras contribuições para a plataforma é um guia sobre fungos da Reserva Adolfo Ducke

Leia mais »

Ministro recebe propostas para fim de conflito

O senador Delcídio do Amaral (PT) e os presidentes da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos, e da Federação de Mato Grosso do Sul (Famasul), Eduardo Riedel, apresentaram ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, propostas para solucionar conflitos pela posse da terra que envolvem indígenas e produtores rurais no Estado.

Leia mais »

Transição verde custará US$ 2 tri por ano, diz ONU

O mundo precisará de investimentos de quase US$ 2 trilhões (R$ 3,1 trilhões) por ano durante quatro décadas para fazer a transição para uma economia sustentável e, ao mesmo tempo, eliminar a pobreza e a fome. Essa é a conclusão de um novo estudo encomendado pela ONU que servirá de base para os debates da cúpula Rio+20, no Brasil, em 2012.

Leia mais »

Povo Xavante reivindica saída imediata de não índios da Terra Indígena Marãiwatséde

A tentativa do governo de Mato Grosso de transferir os Xavante da TI Marãiwatséde, sua terra tradicional, para o Parque Estadual do Araguaia foi fortemente rejeitada pelo cacique xavante Damião Paradzane. Ele afirma que sua comunidade espera a conclusão imediata do processo de desintrusão dos que ocuparam a terra ilegalmente.

Apesar de ter sido homologada em 1998 para usufruto exclusivo do povo Xavante, a Terra Indígena (TI) Marãiwatséde, no município de Alto Boa Vista, a 1.064 quilômetros de Cuiabá, Mato Grosso, ainda abriga mais de seis mil famílias de não-índios, entre fazendeiros e posseiros. Hoje, apenas 15% dos 165 mil hectares de Marãiwatséde são ocupados pelos Xavante, primeiros habitantes daquela área. Para o cacique Damião Paradzane, é chegada a hora de colocar fim no conflito que seu povo enfrenta há mais de quarenta anos, desde que foi retirado de sua terra em 1966.

Leia mais »

Funai e Seind assinam convênio para atuar conjuntamente entre povos indígenas do Amazonas

O Comitê do Plano de Atuação Integrada entre o governo do Amazonas e a Fundação Nacional do Índio (Funai), cuja criação foi formalizada nesta quarta-feira (06), vai implementar várias ações de atenção aos povos indígenas.

Leia mais »

Conservação da Amazônia é discutida em Rondônia

Porto Velho sediará nos dias 11 e 12 de julho do corrente ano um seminário sobre perspectivas florestais para conservação da Amazônia. Esta é uma iniciativa da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e do Centro de Estudos Rioterra, realizada pelo projeto Semeando Sustentabilidade patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental. Leia mais »

Fundo Kayapó vai apoiar projetos indígenas de conservação da Floresta Amazônica

O Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) será o gestor do Fundo Kayapó, criado hoje (5) pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com objetivo de apoiar projetos de organizações indígenas que se destinem a atividades de conservação de cinco áreas situadas entre os estados do Pará e de Mato Grosso, região onde vivem cerca de 7 mil índios da etnia Kayapó.

Leia mais »

Cientistas debatem no Senado o novo Código Florestal

Pesquisadores de instituições como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), a Academia Brasileira de Ciências (ABC) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) participaram hoje (5) de debate no Senado sobre o projeto de lei do novo Código Florestal aprovado pela Câmara dos Deputados. A reunião contou com a participação de senadores das comissões de Meio Ambiente e de Agricultura, onde o texto está em análise, antes de seguir para o plenário do Senado.

Leia mais »

Botos aparecem mortos no Rio Tocantins em Marabá – PA

Integrantes do Movimento Educacional pela Preservação da Amazônia (Mepa) e pesquisadores da Universidade Federal do Pará (UFPA) investigam a causa da morte de botos no rio Tocantins,em Marabá. Paraevitar mais mortes, os profissionais percorrem o leito do rio Tocantins toda semana desenvolvendo um trabalho de educação ambiental junto aos ribeirinhos.

Segundo César Peres, presidente do Mepa, no final de semana a equipe foi alertada por ribeirinhos que moram na praia do Meio sobre mais um boto morto que boiava no remanso daquela ilha.

Leia mais »

Deputado defende a criação da Polícia do Pantanal

Reconhecido como a maior planície alagada do planeta e a terceira maior reserva ambiental do mundo, com mais de 135.000 km², onde residem milhares de espécie da fauna e flora brasileira, o pantanal mato-grossense sofre com as intervenções humanas, em especial a prática da pesca e da caça predatórias.

Buscando alternativas para frear a degradação desse ecossistema, o deputado estadual Dilmar Dal’Bosco (DEM) apresentou projeto de lei criando a Polícia do Pantanal.

Leia mais »

Código Florestal será debatido em mais duas audiências nesta semana

Pesquisadores peruanos em visita a Embrapa Amazônia Ocidental

Discutir as mudanças do Código Florestal sob a perspectiva da comunidade científica. Este é o objetivo de duas audiências públicas agendadas para esta semana no Senado. Os senadores têm defendido a ideia de que somente um debate amplo sobre o assunto, que provocou grande polêmica durante sua tramitação na Câmara, permitirá o aperfeiçoamento da proposta (PLC 30/11).

Leia mais »

Projeto tenta preservar língua ancestral dos índios na Amazônia Equatoriana

Entre aulas de matemática, ecologia, língua espanhola e horticultura, os alunos também aprendem waotededo

Com cerca de 3 mil falantes, a língua waotededo, dos indígenas waodani da Amazônia equatoriana, é um dos idiomas ameaçados do mundo, mas que um programa de educação bilíngue que dá à comunidade ferramentas para enfrentar o mundo moderno pretende preservar.

Leia mais »

Área no Amazonas é desmatada com técnica usada na Guerra do Vietnã

Na reunião do gabinete de crise contra o desmatamento, que ocorreu nesta quinta-feira (30) em Brasília, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, afirmou que vai convocar um maior número de agentes do Ibama na fronteira entre os estados do Amazonas e de Rondônia.

A decisão ocorre após a ministra tomar conhecimento pelo instituto da ocorrência de desmatamento químico por aeronaves pulverizadoras, técnica em que veneno é lançado do ar para matar árvores e que já foi empregada décadas atrás durante a Guerra do Vietnã.

Área da floresta amazônica atingida por reagentes químicos em Canutama (AM) (Foto: Divulgação/Ibama)

Leia mais »

Banco de germoplasma é alternativa para extinção de espécies na Amazônia

Uma alternativa de conservação de agrobiodiversidade é estudada desde 1976 contra a extinção de espécies na Amazônia. Unidades conservadoras de material genético, denominadas Bancos de Germoplasma (BAGs) prometem solucionar o problema e apresentar formas de preservação do ecossistema aliadas ao desenvolvimento sustentável.

Os bancos são classificados de duas formas: bancos ativos, que contêm plantas mantidas em condições naturais; e bancos de base, onde parte da planta é conservada em câmaras frias. Atualmente, o Brasil conta com um total de 166 Bancos Ativos de Germoplasma que se encontram nas Unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), centros de pesquisa e em universidades.

Leia mais »