Diário Oficial publica nomeação de nova presidenta da Funai

O Diário Oficial da União publica hoje (23) a nomeação de Marta Maria do Amaral Azevedo como nova presidenta da Fundação Nacional do Índio (Funai). Ela assume o lugar de Márcio Meira, que foi exonerado a pedido.

Em outro ato, Meira foi nomeado assessor especial do ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Marta Maria é antropóloga. É a primeira mulher a ocupar a presidência da Funai.

FONTE: Agência Brasil

Ambientalistas festejam Dia da Terra com protesto contra alterações no Código Florestal e construção de Belo Monte

Um grupo de ambientalistas promoveu no fim da manhã de hoje (22), no Rio de Janeiro, um ato simbólico para marcar o Dia da Terra. Eles estenderam faixas e cartazes na areia da Praia de Copacabana em protesto contra a proposta de alteração do Código Florestal Brasileiro e a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

Organizada pelo Comitê Fluminense pelas Florestas, com apoio do Grupo de Trabalho do Rio de Janeiro de Mobilização para a Cúpula dos Povos (GT Rio) e da organização não governamental (ONG) Greenpeace, a manifestação seria uma passeata pela orla de Copacabana. Mas, por causa da chuva que atinge a capital fluminense neste domingo, no entanto, o grupo decidiu transferir o protesto para a área em frente ao Hotel Copacabana Palace e marcar um novo dia para promover a Marcha pelo Meio Ambiente. A data da marcha ainda será definida. Leia mais »

AC – Diretora proíbe alunos indígenas de entrarem com rosto pintado em escola municipal

Mesmo com a obrigatoriedade do estudo da história do povo indígena, nas escolas públicas, as crianças indígenas continuam sofrendo com a discriminação, em algumas unidades de ensino municipais. Leia mais »

Bispo do Xingu critica política indigenista

O bispo de Xingu (PA), d.Erwin Kläutler, presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), prevê que as administrações petistas de Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff entrarão para a história como os governos que destruíram a Amazônia e o povo que vive na região.  Leia mais »

Sem presença humana não há sustentabilidade, diz pesquisador da Embrapa

Discutir as dinâmicas produtivas entendidas como “economia verde”, assim como identificar empecilhos e soluções para a aplicabilidade de projetos voltados à área, nortearam os trabalhos do workshop “Ciência, Tecnologia e Inovação na Amazônia no contexto da economia verde: situação atual e desafios”. O evento é uma parceria do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), e aconteceu no auditório da Escola Superior da Magistratura do Acre-ESMAC, em Rio Branco. Leia mais »

Câmara vota Código na terça mesmo sem acordo, diz presidente

Marco Maia diz que plenário é ‘soberano’ para decidir sobre lei ambiental. Líder do PT afirma que governo não aceita proposta do relator.

O presidente da Câmara, Marco Maia, afirmou nesta sexta-feira (20) que o projeto que modifica o Código Florestal vai a votação na próxima terça (24) “com ou sem acordo”. Leia mais »

Tupi – Guarani

Muitas pessoas procuram conhecer um pouco sobre a origem de muitas palavras utilizadas diariamente. Por exemplo, os moradores de cidades com os seguintes nomes Piracicaba (SP), Buriti (MA), Manacapuru (AM), Jequié (BA) e outras procuram saber a origem do nome de suas cidades.

Outras pessoas desejam saber a origem de algumas palavras tais como: ipê, cipó, pitanga. Segundo os estudiosos muitas palavras usadas diariamente pelo povo brasileiro, de Norte a Sul, tem origem no Tupi – Guarani.

Leia mais »

CARTA DE TRINIDAD: LA LUCHA ES EL CAMINO

El Consejo del Foro Social Pan-Amazónico, que aglutina diversas organizaciones y movimientos sociales de los nueve países de la Pan-Amazonía, se ha reunido de 2 al 4 de abril 2012 en la ciudad de Trinidad, Capital del Departamento del Beni, Bolivia y ha decidido realizar el Sexto Foro Social Pan-Amazónico (FSPA) de 1 a 4 de diciembre 2012 en la ciudad de Cobija, departamento de Pando, Bolivia. El 5 de diciembre se reserva para la reunión del Consejo Internacional (CI).

La triple frontera amazónica entre Bolivia, Brasil y Perú, será un elemento importante en la construcción del FSPA VI ; el intercambio entre los países de servicios de alojamiento, transporte y alimentación facilitará la realización del evento. La interculturalidad entre los pueblos de estos países que comparten problemas sociales, económicas, ambientales y políticas muy parecidos, facilitará los debates y la construcción de propuestas que nos permitirán seguir caminando juntos, luchando contra todo tipo de opresión colonial, patriarcal, neoliberal o keynesiana. Leia mais »

Dia da Terra – Comitê organiza manifestações contra aprovação do novo Código Florestal

O Dia da Terra, no do­mingo, (22), será co­me­mo­rado em di­fe­rentes lu­gares do Brasil com ma­ni­fes­ta­ções de pro­testo contra a apro­vação do pro­jeto de lei do novo Có­digo Flo­restal – cuja vo­tação está pre­vista para a terça (24). Foram pro­gra­madas mar­chas, pe­da­ladas, pas­se­atas, api­taços e flash mobs. Boa parte dos eventos ado­tará o bordão Veta Dilma. Leia mais »

Liderança analisa os avanços e desafios das comunidades indígenas

Os índios representam uma parcela importante e expressiva da população, que precisa ser preservada como um dos tesouros étnicos do Brasil. Neste dia 19 de abril, comemora-se o Dia do Índio e a FolhaWeb conversou com o coordenador-geral do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Mário Nicácio Wapichana, para saber como está a situação das comunidades indígenas do Estado. Leia mais »

“Índios caceteiros” matam três adultos e raptam duas crianças

Três indígenas da etnia kanamari, sendo dois homens e uma mulher, foram mortos a golpes de bordunas pelos korubo, também conhecidos como “índios caceteiros”, que raptaram duas crianças da mesma etnia na Terra Indígena Vale do Javari, na região do município de Atalaia do Norte, a mais de 1.500 quilômetros de Manaus (AM). Leia mais »

Desmatamento na Amazônia Legal no mês de março foi 15% maior, registra Imazon

O desmatamento da Amazônia Legal em março atingiu 53 quilômetros quadrados, área 15% maior que a de março de 2011, quando foram desmatados 46 quilômetros quadrados. Os dados são do Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Leia mais »

Integração regional, drogas, exploração de madeira e petróleo ameaçam índios isolados no Acre

Os projetos desenvolvimentistas de integração viária até o Oceano Pacífico, a exploração de madeira e a extração de petróleo no Peru e o tráfico de drogas pressionam índios isolados no Acre, aponta o Conselho Indigenista Missionário (Cimi). Há o temor de que o impacto dessas atividades possa afetar a população de indígenas ainda não contatados da região, seja pela contaminação por doenças infectocontagiosas ou em função de conflitos por terra. Leia mais »

Documentário mostra vários lados dos conflitos de terra – “Vale dos Esquecidos”

Uma impressionante cena do fogo destruindo a vegetação amazônica em uma região do nordeste do Mato Grosso abre o documentário “Vale dos Esquecidos”, que estreia nesta sexta-feira. A ação devastadora das chamas ganha registro em outros momentos do filme da diretora Maria Raduan e é uma constante na realidade violenta de uma área de 1,5 milhão de hectares, conhecida como Fazenda Suiá-Missú, marcada por conflitos entre índios da aldeia Xavante Marawâtsède, posseiros, grileiros, sem-terra e fazendeiros. Leia mais »

Presidente da CNA pede providências ao ministério justiça para invasões de índios a propriedades rurais e demarcações ilegais de terras indígenas

A presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu, pediu providências ao Ministério da Justiça para coibir a invasão de índios a propriedades rurais brasileiras e os procedimentos ilegais de demarcação de terras indígenas. Em discurso nesta quarta-feira (18/4), no Senado, ela informou que, apenas na semana passada, 68 fazendas na Bahia foram invadidas, causando prejuízos a plantações de eucalipto e à produção de cacau na região, entre outras culturas, agravando o quadro de insegurança jurídica no campo. Disse, também, que outros Estados passam pela mesma situação, diante dos procedimentos ilegítimos e arbitrários adotados pela Fundação Nacional do Índio (Funai) para a ampliação de terras indígenas já demarcadas, que vêm estimulado conflitos e resultaram no aumento destas áreas em 313% nos últimos 20 anos. Leia mais »