Justiça proíbe presença de invasor que promovia o desmatamento em assentamento em Santarém (PA)

MPF denunciou Sancler Viana Oliveira por invadir, desmatar e vender ilegalmente lotes do projeto de assentamento Corta Corda, em Santarém, no oeste do Pará

Imagem de árvores cortadas no chão
Segundo a denúncia, Sancler Oliveira pedia comissão aos madeireiros clandestinos (foto ilustrativa por Picography em domínio público, via Pixabay.com)

Leia mais »

Dia do Meio Ambiente: evento discute impactos da decisão do STF que proíbe redução de unidades de conservação por medida provisória

Diálogo integra programação de ciclo de debates promovido pelo MPF em 6 de junho, na sede da Procuradoria-Geral da República, em Brasília

Dia do Meio Ambiente: evento discute impactos da decisão do STF que proíbe redução de unidades de conservação por medida provisória

Leia mais »

Flona do Bom Futuro inicia o Plano de Manejo

Localizada em Porto Velho (RO), a Floresta Nacional do Bom Futuro realizou a sua primeira oficina para elaborar o plano de manejo da unidade. Utilizando-se a nova metodologia para a confecção de Planos de Manejo adotada pela ICMBio, a oficina contou com a participação de uma equipe interdisciplinar, formada por técnicos e pessoas conhecedoras da unidade de conservação, bem como, da região onde ela está inserida. A soma dos conhecimentos e contribuições subsidiou está etapa participativa na elaboração do plano.        Leia mais »

Lei que cria fundo com recursos de compensação ambiental entra em vigor

Entrou em vigor hoje a Lei 13.668/18, que autoriza o Instituto Chico Mendes (ICMBio) a selecionar, sem licitação, um banco público para criar e gerir um fundo formado pelos recursos arrecadados com a compensação ambiental. O fundo financiará unidades federais de conservação, como parques nacionais, reservas biológicas e áreas de proteção ambiental (APAs). 

Leia mais »

Desmatamento em ‘terra de ninguém’ na Amazônia sobe para média de 11,5%

Áreas não designadas na Amazônia somam 70 milhões de hectares. Para especialista, destinar essas terras para usos sustentáveis é fundamental para acabar com a derrubada na floresta

Leia mais »

Grupo de Estudos Estratégicos Amazônicos do Inpa debate Terra-Preta-de-Indio

Este tipo especial de solo apresenta propriedades físicas, químicas e biológicas muito especiais e podem contribuir para resolver alguns problemas básicos da agricultura na Amazônia.                  Leia mais »

Ibama combate desmatamento e garimpo de cassiterita na TI Tenharim do Igarapé Preto (AM)

Agentes do Ibama desativam garimpo na Terra Indígena Tenharim do Igarapé Preto, no Amazonas

Foto: Ibama

Foto: Ibama

Leia mais »

Consultar indígenas antes de obras não viola autonomia de Roraima, defende AGU no STF

A Advocacia-Geral da União (AGU) defende, no Supremo Tribunal Federal (STF), que a consulta prévia a povos indígenas para execução de obras públicas em terras ocupadas por eles não viola a autonomia do Estado de Roraima, tampouco afronta a Constituição Federal. 

Foto: mt.gov.br

Leia mais »

Um quilômetro quadrado desmatado na Amazônia equivale a 27 novos casos de malária – Incidência da doença é maior em pequenos focos de desmatamento próximos a assentamentos rurais

Cada quilômetro quadrado de floresta tropical nativa derrubado na Amazônia está associado a 27 novos casos de malária por ano, no período entre 2009 e 2015, revela pesquisa da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. A comparação da incidência da doença com dados sobre áreas impactadas pelo homem também mostra que a ocorrência é maior quando há abundância de pequenas áreas devastadas, detectadas por imagens de satélite. O risco é aumentado pela capacidade do mosquito vetor da malária se adaptar às áreas impactadas, aliada à maior presença tanto de pessoas suscetíveis como infectadas pelo parasita que causa a doença. A essa situação podem se somar as condições precárias de vida da população, baixo nível educacional, desconhecimento sobre a transmissão da infecção e difícil acesso aos serviços de saúde.

Maior incidência de malária está associada a áreas de floresta nativa devastadas com menos de 5 km2 de extensão – Foto: cedida pela pesquisadora

Leia mais »

Equipes do Inventário Florestal Nacional coletam dados sobre as condições das florestas

(Antonio Cruz/Agência Brasil)

Os profissionais estão indo a campo para medir as árvores, analisar sua saúde e vitalidade, coletar amostras do solo e de material botânico.

Leia mais »

Índios Waimiri Atroari repudiam “emendas jabutis” do Linhão de Tucuruí

Os indígenas Waimiri Atroari divulgaram nesta sexta-feira (25) nota repudiando a intenção do governo federal de construir a linha de transmissão dentro de seu território sem que sejam ouvidos. Intitulada “Diga ao Mundo que Nós Vivemos” a nota é assinada pela Associação Comunidade Waimiri Atroari e por Mario Parwe, principal liderança da etnia. 

Leia mais »

Parceria marca a gestão do Parna Pico da Neblina – Mais de 70% da área da unidade apresenta sobreposição a terras indígenas

Parque Nacional do Pico da Neblina – ICMBio

O Parque Nacional do Pico da Neblina apresenta mais de 70% de sua área com sobreposição a Terras Indígenas: TI Balaio, TI Cué-Cué Marabitanas, TI Médio Rio Negro II e TI Yanomami. Por isso, são imprescindíveis os trabalhos em conjunto das instituições que atual na região e os povos indígenas. O esforço no fortalecimento das parcerias do ICMBio com as populações indígenas e instituições como a Fundação Nacional do Índio – FUNAI, Federação das Associações Indígenas do Rio Negro – FOIRN e Instituto Socioambiental – ISA, são contínuos. 

Leia mais »