Planta encontrada na Amazônia é foco de pesquisas contra o câncer

Um medicamento natural que atua no combate e prevenção do câncer. Este é o foco da pesquisa desenvolvida pela Coordenação de Pesquisas e Produtos Naturais (CPPN) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Esperança de milhares de enfermos desacreditados pela medicina tradicional, o remédio é produzido com extratos de uma planta facilmente encontrada na floresta amazônica.

Caule do gengibre amargo e medicamento desenvolvido pelo Inpa

Leia mais »

Mulheres e índios vão para linha de frente no combate a incêndios em MS

Pela primeira vez, a equipe de brigadistas do Ibama de Mato Grosso do Sul contará com seis mulheres, que auxiliarão no combate a incêndios florestais. Segundo o Ibama/MS, as funcionárias atuarão principalmente no Parque Estadual das Nascentes do Taquari, em Costa Rica, cidade localizada no norte do estado, a 384 quilômetros de Campo Grande.

Leia mais »

Amazônia. Levantado o pano de uma nova tribo de índios isolados

Há cerca de 100 tribos indígenas espalhadas pelo mundo que nunca tiveram contato com outros povos ou culturas e a maioria está concentrada na Amazônia. Daí que não tenha sido surpresa para a Funai (Fundação Nacional do Índio, sedeada no Brasil) ter descoberto um novo grupo de índios perto do Vale do Javari, no Nordeste da floresta amazônica.

A nova tribo foi avistada esta semana e apresentada ao mundo em 23 de Junho, com direito a imagens das cerca de 200 pessoas, divididas por quatro grandes malocas (construções indígenas) avistadas entre três clareiras.

Pesca ilegal, caça, exploração madeireira e grandes desfloramentos ameaçam as tribos da Amazônia

Leia mais »

Manaus terá semáforos movidos a energia alternativa

Além de evitar a pane nos semáforos por falta de energia, nova tecnologia ajudará o meio ambiente

Problemas que ocorrem com certa frequência e que complicam ainda mais o trânsito já congestionado das principais vias de Manaus, as interrupções no fornecimento de energia elétrica, que deixam os semáforos desligados, devem ser minimizadas com a implantação dos aparelhos equipados com painéis solares ou baterias que devem estabilizar o funcionamento da sinalização eletrônica.

Pelo menos é o que pretende o Instituto Municipal de Trânsito (Manaustrans), que até o fim de julho começa a testar duas tecnologias diferentes que podem ser implantadas nos 212 cruzamentos semaforizados da cidade.

Leia mais »

Projeto simula ‘Amazônia do futuro’ com ambiente repleto de carbono

Com o objetivo de estudar o impacto do aquecimento global em espécies da floresta amazônica, 200 cientistas do Brasil e de outros oito países ligados ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), em Manaus (AM), lideram um projeto inédito no país que vai simular cenários de mudanças climáticas para analisar a reação da biodiversidade ao fenômeno.

Denominado Adapta (Centro de Estudos da Adaptação da Biota Aquática da Amazônia, na tradução para o português) o laboratório vai incubar peixes, plantas, anfíbios e insetos (aquáticos e não-aquáticos) em três diferentes salas.

Espécie de peixe que vive em rios da Amazônia recolhida por pesquisadores do Inpa. Ao menos 300 diferentes tipos de peixe participarão da simulação. (Foto: Divulgação/Adapta)

Leia mais »

Ibama desmonta madeireiras de Nova Ipixuna, no sudeste do Pará

Belém (30/06/2011) – O Ibama iniciou na manhã desta quinta-feira (30/06) a retirada do maquinário e da madeira ainda existente nas 12 madeireiras instaladas em Nova Ipixuna, no sudeste do Pará. Com vasto histórico de ilegalidades contra o meio ambiente, elas tiveram suas licenças ambientais estaduais cassadas pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) a pedido do órgão ambiental federal. Todos os equipamentos e produtos florestais serão destinados à prefeitura de Vigia e ao Exército, que, após a conclusão do processo de doação, utilizarão os bens em obras sociais no estado.

Leia mais »

Batalha judicial: ações civis do Ministério Público Federal contra a usina de Belo Monte

2001

Pará fora do licenciamento
MPF ganha em todas as instâncias ação civil pública (ACP) contra Eletronorte e Fadesp (a Fapesp do Pará) para que caiba ao Ibama a licença da obra.

2006

Índios querem ser ouvidos
MPF recorre após perder em 1.ª instância ação movida contra Eletronorte, Eletrobrás, Ibama e Funai para garantir a índios direito de ser ouvidos antes da obra.


2007

Leia mais »

Troca de terra indígena proposta por MT é inconstitucional, aponta Funai

A Fundação Nacional do Índio (Funai) disse nesta quarta-feira (29) que “não há interesse nem constitucionalidade” na troca da Terra Indígena (TI) Marãiwatsede pelo Parque Estadual do Araguaia, em Mato Grosso, como vem propondo o governo daquele estado.

Leia mais »

Até 60% da madeira tirada da Amazônia é desperdiçada, diz MMA

Um representante do ministério do Meio Ambiente pediu nesta quarta-feira (29) que empresários do setor madeireiro reduzam o desperdício no beneficiamento de madeira extraída da floresta amazônica, com perda de até 60% do total da tora durante o processo de serragem.

Durante evento que divulgou balanço do programa ‘Madeira é Legal’, liderado pelo governo paulista e organizações ligadas à construção civil no estado, Hélio Pereira, gerente do Programa Nacional de Florestas do MMA, afirmou que a perda durante o beneficiamento das toras é alta. O processo é necessário para se chegar ao produto serrado, matéria-prima para construtoras.

Pereira disse que o combate ao desperdício poderia reduzir a derrubada de árvores voltada para abastecer o mercado interno e externo de madeira. Leia mais »

Campo já sofre com queimadas

Mesmo antes da “temporada” das queimadas, que acontece normalmente entre julho e setembro, época da seca, as florestas – ou o que restam delas – já sofrem com as queimadas. No início de junho já havia a detecção de regiões afetadas pelo fogo. Em sobrevoo feito por uma equipe do Greenpeace, foi possível observar no estado do Mato Grosso focos de queimadas em grandes áreas recém-desmatadas. Leia mais »

Amazonas vai propor alterações no Novo Código Florestal

As constantes discussões entre as correntes que defendem e outras que se opõem ao Novo Código Florestal Brasileiro colocam em cheque a nova legislação no sentido de a mesma não contemplar a realidade ambiental e agropecuária do Amazonas.

A conclusão é do presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), deputado Luiz Castro (PPS).

Depois de apenas assistirem à elaboração e aprovação do documento, em maio deste ano, em Brasília, pela primeira vez, representantes da sociedade civil, instituições ambientais, produtores rurais e políticos do Estado discutiram juntos o assunto em audiência pública.

Leia mais »