Nível de água do rio Acre mede hoje 1.97 metro

Historicamente, desde que a Defesa Civil Estadual realiza o monitoramento diário do nível do rio Acre, a partir de 1970, o volume de água apresentado ontem,  segunda-feira (25), é de 1.97m, o segundo mais baixo já registrado, salvo no ano de 2005, quando o nível do rio chegou a medir apenas 1.64m

Pela leitura de hoje, a situação é ainda pior nos municípios de Brasiléia e Epitaciolândia por onde o manancial passa, medindo apenas 1.48m. A navegação, mesmo para pequenos barcos em muitos pontos do rio é praticamente impossível e tem prejudicado o escoamento das produções agrícolas dos ribeirinhos.

Leia mais »

Exército encerra trabalho em MT

Foram mais de dois meses percorrendo matas e áreas devastadas no norte de Mato Grosso para combater crimes ambientais. O Exército Brasileiro está na região desde o dia 25 de maio, a pedido do Ministério da Justiça, para auxiliar o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no combate ao desmatamento ilegal.

Leia mais »

Programa do governo resgata dignidade de povos indígenas

O programa “Chuva na Roça”, de irrigação de pequenas culturas agrícolas em comunidades indígenas, já chega a 36 diferentes localidades, de um total de 50, que o governo do estado quer atingir ainda este ano. Nesta sexta-feira (22), na comunidade de Vista Alegre, em Boa Vista, o governador em exercício, Chico Rodrigues, foi ver de perto o que os índios estão produzindo.

Em Vista Alegre, o programa “Chuva na Roça”, uma iniciativa da Secretaria do Índio, dá suporte material e técnico a seis famílias indígenas que cultivam oito hectares de mandioca, de macaxeira de feijão de corda (caupi). A meta dos produtores, para o próximo ano, é plantar entre 10 e 12 hectares, inclusive de outras culturas.

Leia mais »

IBAMA nega licença para hidrelétrica na divisa do PI com MA

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) negou o pedido de licença prévia para que a hidrelétrica do PAC na divisa do Piauí com Maranhão. O pedido da licença tinha sido apresentado pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). A empresa agora tem dez dias para recorrer da decisão.

Leia mais »

MT assinará acordo com Funai para coibir desmatamento

O governo do Estado de Mato Grosso e a Fundação Nacional do Índio (Funai) vão assinar um acordo de cooperação para evitar o desmatamento e ampliar a proteção aos índios no entorno no Parque Indígena do Xingu,que está completando meio século de criação. O diretor de Promoção para o Desenvolvimento Sustentável da Funai,Aloysio Guapindaia, disse que o órgão sabe dos problemas que existem no entorno da reserva e reconhece que são uma ameaça aos índios.

Leia mais »

Desmatamento na Amazônia: dinâmica, impactos e controle

O desmatamento na Amazônia procede a um alto ritmo por várias razões,muitas das quais dependem de decisões do governo. O desmatamento leva à perda de serviços ambientais, que têm um valor maior que os usos pouco sustentáveis que substituem a floresta.

Estes serviços incluem a manutenção da biodiversidade, da ciclagem de água e dos estoques de carbono que evitam o agravamento do efeito estufa. Retroalimentações entre as mudanças climáticas e a floresta, por meio de processos tais como os incêndios florestais, a mortalidade de árvores por seca e calor e a liberação de estoques de carbono no solo,representam ameaças para o clima,a floresta e a população brasileira. Eventos recentes indicam que o desmatamento pode ser controlado, tendo a vontade política, pois os processos subjacentes dependem de decisões humanas.

Leia mais »

Desmatamento na Amazônia Legal foi de 99 quilômetros quadrados em junho

Mapa do Desmatamento e Degradação Florestal em junho de 2011 na Amazônia Legal (Divulgação/Imazon)

Um total de 99 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal foi identificado no mês de junho pelo Sistema de Alerta de Desmatamento  (SAD) do  Imazon.

O desmate é 42% menor do que o registrado em junho do ano passado, quando o  desmatamento  atingiu  172 quilômetros quadrado.

O total de 99 quilômetros, 45% ocorreu no Pará, seguido por Mato Grosso (25%), Amazonas (20%) e Rondônia (10%).

Em  junho  de  2011,  os municípios mais desmatados foram Altamira  (Pará), Peixoto Azevedo (Mato Grosso) e Apuí (Amazonas).

  Leia mais »

Brasil quer incluir desenvolvimento sustentável nas Metas do Milênio

O Brasil vai defender a fixação de metas globais para o desenvolvimento sustentável na Rio+20, a conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o desenvolvimento sustentável. No encontro de chefes de Estado, que acontecerá no Rio de Janeiro, em maio e junho do ano que vem, o país vai propor um compromisso mundial para o cumprimento de um novo tipo de Metas do Milênio, só que ambientais.

Leia mais »

Brasil costura acordo para salvar Protocolo de Kyoto

 O Brasil costura um acordo para tentar salvar o Protocolo de Kyoto na Conferência do Clima das Nações Unidas (COP17) que será realizada em novembro em Durban, na África do Sul. A estratégia brasileira deverá ser negociar uma saída para prorrogar o acordo, que expira em 2012, em nome do bloco de países em desenvolvimento e deve contar com o apoio da União Europeia e de países como Noruega, Suíça e Nova Zelândia.

Leia mais »

Projeto favorece famílias que vivem em regiões com escassez de água. (AL/MT)

Estudo da Agência Nacional de Águas (ANA) garante que maioria dos municípios brasileiros poderá ter problemas no setor, até 2015 Sobre o assunto, um estudo feito pela Agência Nacional de Águas (ANA) avaliou a oferta e o crescimento da necessidade de água em 5.565 cidades brasileiras e o resultado foi preocupante.

Leia mais »