Suiá Missú – AGU reabrirá diálogo entre posseiros e indígenas em MT

O advogado Geral da União, Luiz Inácio Adams, confirmou há pouco sua presença na reunião com a bancada federal de Mato Grosso sobre o conflito funcionário em Suiá Missú, na região do Araguaia. A reunião está marcada para quarta-feira (12.9) com o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e terá a participação de deputados, senadores, lideranças indígenas, prefeitos e produtores rurais da região. O convite foi feito pelos senadores Cidinho Santos e o licenciado Blairo Maggi (PR-MT) logo após evento no Palácio do Planalto, em Brasília. Leia mais »

Venezuela – Ianomâmis negam que tenha havido massacre

Índios ianomâmis (Yanomami) negaram a autoridades e jornalistas que sua aldeia na Venezuela tenha sido cenário de um massacre, e a entidade Survival International também recuou do seu relato inicial sobre a suposta matança de dezenas de pessoas. Leia mais »

Meio Ambiente – Reservas ambientais destruídas pelo fogo

Período de seca e incêndios provocados por agricultores consomem áreas de conservação em todo o país – até ontem, eram 110 com focos de queimadas. Segundo dados do Inpe, Mato Grosso é o estado mais afetado. Leia mais »

Venezuela – Autoridades fazem nova inspeção e descartam ataque a yanomami

As autoridades da Venezuela fizeram uma nova inspeção no fim de semana na região onde houve denúncias de massacre contra os indígenas da etnia yanomami, a 20 quilômetros da fronteira com o Brasil. O embaixador da Venezuela no Brasil, Maximilien Sánchez Arveláiz, disse hoje (10) que a última fiscalização confirmou que “não houve agressões” nem ameaças aos indígenas. Na semana passada, o governo da Venezuela havia divulgado a mesma informação. Leia mais »

Meio Ambiente – Setembro quente e seco produz 62% mais queimadas que mesmo mês do ano passado

Em dez dias, mais de 24,5 mil focos de incêndio foram identificados no país. A baixa umidade e as temperaturas altas, típicas dos meses de agosto e setembro, proporcionaram as condições para que o número de queimadas, nos primeiros dias deste mês, superasse em 62% o registrado no mesmo período do ano passado. Leia mais »

PA – Idesp revela queda no desmatamento na Amazônia, em junho

Atualmente, é possível obter em tempo satisfatório dados sobre o desmatamento e focos de calor na Amazônia brasileira. O Sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter) e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, de responsabilidade do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), são os responsáveis por fazer este monitoramento. Leia mais »

ANA e IBAMA advertem que há aspectos a resolver para autorizar barramento definitivo

Em parecer técnico, órgãos identificam melhorias no projeto apresentando pela Norte Energia para sistema que permitirá a continuidade da navegação pelo Rio Xingu.  Mas ainda consideram a existência de pendências significativas que impedem a autorização do fechamento definitivo do rio.  Apesar disso, consultas às comunidades afetadas pela obra começaram esta semana à revelia do que estabelece recomendação do Ministério Público Federal

 

Leia mais »

Amazônia – Chuvas diminuirão de 12% a 21% até 2050

O desmatamento em grande escala da Floresta Amazônica provocará uma diminuição das chuvas de até 12% durante a estação úmida e de até 21% durante a estação seca, com previsão para o ano de 2050, segundo estudo britânico publicado nesta quarta-feira pela revista Nature.

Leia mais »

Amazônia – Desmatamento afeta chuvas em países distantes da floresta

A perda de floresta tropical pode afetar pessoas a milhares de quilômetros de distância, de acordo com um novo estudo. O desmatamento pode causar uma grave redução das chuvas nos trópicos, com graves consequências para as pessoas, não só nesta região, mas em áreas vizinhas, disseram pesquisadores da Universidade de Leeds, na Inglaterra, e do Centro de Ecologia e Hidrologia do Conselho de Pesquisa Ambiental Britânico.

Leia mais »

SUIÁ MISSÚ – Produtores prometem novos bloqueios em MT

Sem resposta do governo, os produtores rurais da Gleba Suiá Missú prometem bloquear neste sábado (8) mais 2 trechos da região, um na BR- 080 e outro na saída para o município de Serra Nova (1.125 Km a Nordeste de Cuiabá). Os manifestantes também continuarão com o bloqueio na BR–158, que teve início na segunda-feira (3).

A manifestação já dura 6 dias e não tem previsão de término. (Associação dos Produtores Rurais da Gleba Suiá Missú)

Leia mais »

Suiá Missú – Moradores ampliam bloqueios

Moradores da localidade de Posto da Mata, no interior da Terra Indígena Marãiwatsédé, em Alto Boa Vista (1.065 quilômetros de Cuiabá), decidiram levar para outras rodovias e estradas da região a estratégia de bloqueios empregada há quatro dias no entroncamento das rodovias MT-242 e BR-158.

Leia mais »

AM – São Gabriel da Cachoeira receberá ‘Observatório Solar Indígena’

Moradores de São Gabriel da Cachoeira, 852 Km de Manaus, vão receber o projeto “Observatório Solar Indígena” que permite a visualização do movimento aparente do Sol e de constelações de diversas etnias indígenas. O observatório começou a ser instalado nesta semana e integra a programação do Museu da Amazônia (Musa) na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).

Observatório Solar Indígena (Foto: Musa/Divulgação)

Leia mais »

A Amazônia em fotografias

O Portal UOL está disponibilizando um conjunto de 38 fotografias com aspectos da Amazônia.

As fotos retratam paisagens típicas da floresta, o extrativismo vegetal, as áreas de preservação da fauna e da flora, os animais, os frutos do açai e do guaraná, os habitantes da região, a navegação do rios, a hidrelétrica de Belo Monte – em construção -, as cheias (alagação) e as queimadas.

Leia mais »

Programa Amazônia – Natura lança edital de pesquisa exclusivo para a região amazônica

Com o lançamento do Programa Amazônia, em julho do ano passado, a Natura estabeleceu um compromisso contribuir com o desenvolvimento da região a partir do investimento em ciência, tecnologia e inovação.   

Leia mais »

Suiá Missú – MPF manifesta argumentos que embasam o cumprimento da retirada dos não-índios da área Marãiwatsédé

A área de ocupação tradicional do povo Xavante de Marãiwatsédé foi reconhecida como Terra Indígena Maraiwãtsédé não apenas administrativamente (Decreto de Homologação do Presidente da República), mas também judicialmente, por sentença em 1º grau da Justiça Federal em Mato Grosso em 2007 e por acórdão unânime do Tribunal Regional Federal da 1º Região (TRF1) em 2010. Leia mais »