Museu do Índio divulga resultados da Chamada de Projetos Culturais 2022/2023

O Museu do Índio (MI), órgão vinculado à Fundação Nacional do Índio (Funai), divulgou os 10 projetos selecionados na Chamada de Projetos Culturais de 2022/2023. Quatro iniciativas são relativas a Produções Culturais e Salvaguarda do Patrimônio Cultural. Seis delas dizem respeito ao Fomento de Iniciativas Culturais. Além dessas propostas, dois outros projetos foram pré-selecionados, mas sua execução depende de disponibilidade orçamentária.

Foto: Acervo Funai

De acordo com a divulgação do resultado no último dia 4, o Museu do Índio recebeu 30 propostas de comunidades indígenas das cinco Regiões brasileiras, cujas etnias participantes foram contempladas pelo processo de seleção de forma mais paritária possível. Os projetos selecionados são de iniciativa dos próprios indígenas e contam com apoio administrativo e logístico oferecido pela Coordenação Regional (CR) ou Coordenação Técnica Local (CTL) da Funai mais próxima.

O Museu disponibiliza recursos orçamentários necessários ao desenvolvimento dos projetos, oferece a orientação técnica aos participantes, especialmente para qualificação de acervos etnográficos, viabilização de produções audiovisuais, montagem de kits educativos destinados a escolas, e apoio à divulgação de produtos, como os do artesanato indígena. Nesta edição, algumas das iniciativas selecionadas são de autoria de comunidades indígenas que não foram atendidas na chamada de projetos culturais anterior realizada pelo órgão.

As iniciativas selecionadas são:

Projetos Selecionados – Eixo 1

Coordenação Regional Cuiabá
Nome do projeto: Zerati Memória dos cantos Haliti-Paresi

Coordenação Regional Amapá e Norte do Pará
Nome do projeto: Sementes e Artes das Mulheres Indígenas do Tumucumaque

Coordenação Regional Baixo Tocantins
Nome do projeto: Oreramoitoa Porongetakwera Awaeté Parakanã: histórias que nossos avós contavam

Coordenação Regional Vale do Javari
Nome do projeto: Registro de memórias e língua Marubo

Projetos Selecionados – Eixo 2

Coordenação Regional Litoral Sudeste
Nome do projeto: Falta lenha nessa fogueira: intercâmbio de pajés e fortalecimento cultural

Coordenação Regional Nodeste II
Nome do projeto: Tradicional Festa do Milho

Coordenação Regional Litoral Sul
Nome do projeto: Nhemongarai Paranaguá

Coordenação Regional Xingu
Nome do projeto: Tecelagem e Cestaria Kawaiwete – Aldeia Três Famílias

Coordenação Regional Minas Gerais
Nome do projeto: Casa da Mulher Indígena Maxakali

Coordenação Regional Baixo Tocantins (Coordenação Técnica Local Rodelas)
Nome do projeto: Fortalecimento da Produção de Artesanato

A Chamada

Realizada anualmente desde 2010, a Chamada de Projetos Culturais tem o objetivo de incentivar a preservação e o fortalecimento do patrimônio cultural indígena. Por meio dessa iniciativa, o Museu do Índio destina recursos financeiros a projetos de comunidades indígenas que envolvam: produção de bens culturais para geração de renda; produção de coleções etnográficas para salvaguarda; documentação audiovisual de bens culturais; rituais ou encontros; e transmissão de conhecimentos.

Tradição indígena

Na edição 2021/2022 da Chamada de Projetos Culturais foram selecionadas 15 iniciativas que apoiaram a produção de arte indígena, muitas vezes resgatando práticas e conhecimentos que são de domínio apenas dos anciãos. Um exemplo são as 23 peças de artesanato tradicional produzidas pelas etnias Guarani Mbya; Guarani Nhandewa; Krenak e Kaingang, de sete Terras Indígenas situadas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Os próprios indígenas selecionaram artefatos que representam suas aldeias para integrar o acervo do Museu. São peças como adornos, maracás, arcos, flechas, lanças, cestos e panelas.

Assessoria de Comunicação / FUNAI / com informações do Museu do Índio  

Relacionadas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: