Olhar pelos pobres e pela Amazônia, exorta o Papa aos bispos da América Latina

Um grupo de 11 bispos de recente nomeação provenientes do Brasil esteve com o Papa Francisco na manhã desta quinta (8) para o encerramento do curso de formação promovido pelo Dicastério para os Bispos. Não teve discurso, mas uma conversa com os mais de 150 novos bispos que, inclusive, foram saudados um a um ao final do encontro e a pedido de Francisco.

O Papa Francisco foi quem fez o fechamento do curso de formação para os novos bispos promovido pelo Dicastério para os Bispos que começou ainda no início de setembro. Na manhã desta quinta-feira (8) na Sala Clementina, no Vaticano, o Pontífice recebeu 155 prelados para a audiência. Não teve discurso escrito, mas uma conversa que, segundo o bispo auxiliar de São Paulo, dom Angelo Ademir Mezzari, durou mais de uma hora e meia. O Pontífice acolheu o grupo com uma mensagem e depois “queria mesmo era ouvir o testemunho” de alguns e, assim, abriu o espaço para a palavra:

“Começou 10h20 e foi até o meio-dia com o Angelus: então, praticamente 1h40 de diálogo. A cada pergunta ou comentário dos bispos de várias áreas, ele fazia as suas exortações. Foi muito fraterno e tratou de vários temas ligados aos desafios de hoje dos bispos. E, no final, ainda quis saudar um por um: imagina mais de 150 bispos!”

A preocupação com os pobres e a Amazônia

Dom Valentim Fagundes de Meneses, bispo da cidade de Balsas, no Maranhão, também teve a “grande oportunidade” de se encontrar mais uma vez com o Papa Francisco e contou ao Vatican News sobre a audiência no Vaticano, um momento para “se alimentar da sabedoria de um homem de Deus”. O prelado disse ver o Pontífice “como uma pessoa como nós, porém, com uma escuta muito atenta do Espírito” e, por isso, pôde “alimentar muito” os 155 bispos de recente nomeação de várias partes do mundo que participaram do encontro, sobretudo, daqueles da América Latina e especialmente provenientes da Amazônia, já que novamente exortou a preocupação com os últimos:

“Não é para nos esquecermos da proximidade com os pobres, e para assumirmos que tudo está interligado e tudo necessita do cuidado neste planeta.”

Andressa Collet – Vatican News 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: