Jovens pesquisadores criam teclado digital para 40 línguas indígenas

É verdade que a revolução digital aproximou as pessoas, mas o padrão no sistema de escrita dos teclados pode acelerar o processo de extinção das línguas indígenas. 

Pensando em meios de preservar a língua e a cultura indígena, jovens pesquisadores criaram um teclado digital batizado de “Linklado”, com caracteres que formam o vocabulário de mais de 40 línguas indígenas da Amazônia.

Um dos idealizadores do projeto é o estudante Juliano Portela, de 18 anos, que conta como o teclado virtual funciona.

“Por exemplo nos celulares, ele funciona exatamente igual o teclado comum do seu dispositivo, a diferença é que ele tem um layout diferente e que tem os caracteres especiais, tem os acentos especiais, acento grave, agudo, acento circunflexo, que eles podem ser combinados em cima das letras para que eles formem umas combinações de caracteres diferentes que só tem nessas línguas indígenas e atualmente mais de 40 línguas, com em torno de 200 mil falantes no geral podem ser afetados nesse projeto.”

Entre esses 200 mil falantes que serão positivamente afetados pelo projeto, está Josmar Pinheiro Lima, de 35 anos, que pertence à tribo indígena Tuyuka. Ele participou do desenvolvimento do projeto e conta como o teclado contribui na cultura dos povos originários.

“A importância desse teclado pra gente, pra mim, em particular para o meu povo, tínhamos dificuldade em alguns caracteres, geralmente o cortado e cortado acentuações gráficas que geralmente a língua portuguesa não utiliza nos teclados convencionais. Então isso pra gente é um facilitador, muito evolutivo no decorrer dos anos a gente fomos(sic) ficando pra trás.”

O teclado, ou melhor, “Linklado” está disponível para ser baixado em celulares Android gratuitamente na loja de compras do próprio celular.

PUBLICADO POR: RADIOAGÊNCIA NACIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: