Ações buscam preservar e levar desenvolvimento sustentável ao maior bioma brasileiro

Celebrado nesta segunda-feira, o Dia da Amazônia incentiva a conscientização para a preservação do bioma que abriga cerca de 38 milhões de pessoas

A região recebe, também, incentivos para preservar e movimentar a economia de forma sustentável. – Foto: MME

Nesta segunda-feira (05/09) é comemorado o Dia da Amazônia, data que celebra o maior bioma brasileiro e incentiva a preservação da região que é berço da maior biodiversidade dentre as florestas tropicais do mundo.

São 38 milhões de pessoas que vivem na região. Com isso, ações para a conservação do bioma e seu desenvolvimento sustentável têm sido realizadas, como a Operação Guardiões do Bioma, desenvolvida de forma coordenada pelos Ministérios do Meio Ambiente (MMA) e da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Por meio da operação, órgãos de fiscalização, atuam conjuntamente para combater o desmatamento, queimadas e incêndios, tráfico de fauna e flora nativas e venda ilegal de produtos florestais.

Em toda a Amazônia Legal, a redução no desmatamento foi de 2,16%, entre agosto de 2021 e julho de 2022, de acordo com dados do Sistema de Detecção de Desmatamentos e Tempo Real (Deter). Foram mais de oito mil profissionais trabalhando no combate a 18,3 mil focos de incêndios florestais e 7 mil crimes ambientais. A segunda edição da Operação Guardiões do Bioma foi lançada em junho deste ano. A atuação inclui os biomas Amazônia, Mata Atlântica, Caatinga, Cerrado e Pantanal.

A região recebe, também, incentivos para preservar e movimentar a economia de forma sustentável. O Programa Nacional de Pagamentos por Serviços Ambientais Floresta+, lançado pelo Ministério do Meio Ambiente, cria, fomenta e consolida o mercado de pagamento por serviços ambientais em todos os biomas, a fim de reconhecer e valorizar atividades, projetos e prestadores de serviços ambientais. Um dos eixos do programa prevê a geração de créditos de carbono por meio da conservação e recuperação da vegetação nativa, além de gerar alternativas de renda para os brasileiros que vivem na Amazônia e outros biomas.

Outra iniciativa é melhorar a qualidade ambiental das cidades da região. Já são 29 Unidades de sistema de tratamento de esgoto descentralizado implementadas em comunidades locais e o recolhimento de 4 toneladas de resíduos em rios da região a partir de ação voluntária que contou com a participação dos moradores locais.

Amazônia

Em 5 de setembro de 1850, o imperador D. Pedro II criava a Província do Amazonas. São aproximadamente 5 milhões de km² de floresta que se estende por nove países da América do Sul, 60% no Brasil. O bioma abriga, também, a maior bacia hidrográfica do mundo, que detém 20% da água doce do planeta e, aproximadamente, 80% das águias superficiais do Brasil.

Na fauna, são mais de 400 espécies de anfíbios, 1.300 de aves e mais de 400 mamíferos. A região abriga, ainda, 85% das espécies de peixe da América do Sul. Entre os peixes mamíferos, o destaque é o boto cor de rosa e o peixe-boi amazônico, que é o menor dentre as espécies de sua família e o único que vive exclusivamente em água doce. O bioma tem, ainda, um dos maiores peixes de água doce: o pirarucu, que pode chegar a 3 metros e passar dos 200 quilos. Entre as aves, a Amazônia é o habitat da harpia, a maior águia e uma das maiores aves de rapina do mundo.

Presente nos sete estados da Região Norte, além do Maranhão e Mato Grosso, a Amazônia é tão extensa que, se fosse um país, seria o sétimo maior do mundo.

PUBLICADO POR:  Ações buscam preservar e levar desenvolvimento sustentável ao maior bioma brasileiro — Português (Brasil) (www.gov.br)  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: