Operação Mercúrio desativa atividades de garimpo ilegal na Terra Indígena Baú, no Pará

Durante atividade da Operação Mercúrio, realizada entre os dias 8 e 10 de julho, a Polícia Federal (PF) apreendeu seis balsas e seis motores usados no garimpo ilegal na Terra Indígena Baú, localizada no município de Novo Progresso, no Pará. O foco da ação foi a destruição dos garimpos Pista Nova, Coringa e Jurandi, encontrados ao longo do rio Curuá.

Foto: Divulgação/Polícia Federal – Postada em: FUNAI

A Operação Mercúrio é uma das vertentes da Operação Guardiões do Bioma, que conta com a participação de diversos órgãos federais, como a Fundação Nacional do Índio (Funai).

No primeiro dia da Operação, cerca de 12 gramas de ouro foram apreendidos de um garimpeiro que atuava ilegalmente na região. Ele foi multado em aproximadamente R$ 1 milhão pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). No local foram inutilizadas três balsas usadas no crime. Uma dessas balsas estava equipada com televisão e ar-condicionado e foi avaliada em R$ 2 milhões.

No segundo dia, os alvos foram os garimpos Coringa Nova, Coringa Sul, Pista Nova e Novo Horizonte, onde foram apreendidos aproximadamente 30 gramas de ouro. Foram inutilizados motores usados na extração de ouro e centenas de litros de combustível.

No último dia da Operação, a Polícia Federal inutilizou outras três balsas e apreendeu 40 gramas de ouro e munições. O dono de uma das balsas foi identificado e será investigado. Garimpeiros que atuam na região fugiram ao ver a chegada das forças de segurança. Segundo a PF, ninguém foi preso.

A extração irregular de ouro pode causar danos graves ao meio ambiente, como a poluição dos leitos dos rios e danos irreparáveis à fauna e a flora, além de interferir na preservação e manutenção das Terras Indígenas.

Assessoria de Comunicação /   FUNAI  com informações da Polícia Federal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: