Polícia Federal apreende duas carretas com 60 toneladas de cassiterita no Jundiá

Só em 2022, a PF realizou diversas operações que resultaram em um total de 117.250 kg de cassiterita

Postada em: Polícia Federal DPF

Boa Vista/RR – Na semana passada, a Polícia Federal apreendeu uma carga de cassiterita que vinha do Estado do Amazonas para Boa Vista. A apreensão aconteceu após a PF ser acionada pela Receita Estadual do Posto Fiscal de Jundiá sobre carretas que estariam transportando minério com documentação fraudada. Uma equipe da PF foi até ao local e encontrou duas carretas com cargas que totalizaram 60 toneladas de cassiterita.

A PF apurou que a carga pertencia a um empresário de Boa Vista e tinha o exterior do Brasil como destino final. Constatou-se ainda que a documentação apresentada havia sido fraudada para dar aparência de legalidade ao minério extraído na Terra Indígena Yanomami no Estado de Roraima, fazendo parecer que tinha origem em Itaituba, no Estado do Pará.

Os motoristas dos veículos fugiram e abandonaram a carga. As carretas foram apreendidas juntamente com a cassiterita e levadas para o pátio da Superintendência da Polícia Federal.

Durante o ano de 2022, além das apreensões decorrentes de denúncias ou trazidas por outros órgãos policiais, a PF realizou diversas operações que resultaram em um total de 117.250 kg de cassiterita, além da apreensão de armas, munições e combustível que abasteciam o garimpo ilegal no estado de Roraima.

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima – DPF – POLÍCIA FEDERAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: