Comitiva visita estado de Roraima para conhecer o trabalho do Exército

Boa Vista (RR) – O Exército Brasileiro realizou, entre os dias 26 e 28 de maio, uma Viagem de Relações Institucionais à Amazônia. Durante dois dias, integrantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário visitaram o estado de Roraima e tiveram a oportunidade de conhecer de perto o trabalho desenvolvido pela Força-Tarefa Logística Humanitária (FTLogHum) na Operação Acolhida, que visa a minimizar os efeitos da maior crise migratória vivenciada no continente, apoiando o povo venezuelano que busca refúgio no nosso território.

Crédito: CCOMSEx

Para o Comandante da FTLogHum, General de Divisão Sérgio Schwingel, é importante que a comitiva conheça o trabalho realizado na Operação Acolhida. “Certamente conhecendo mais de perto as autoridades vão poder dar continuidade ao trabalho que vem sendo realizado pelo governo federal nessa operação de acolhimento aos venezuelanos”, explicou.

Além de conhecer a FTLogHum, a comitiva visitou o 1º Pelotão Especial de Fronteira (PEF) de Bonfim, subordinado à 1ª Brigada de Infantaria de Selva. Dessa forma, os visitantes puderam verificar a relevância do trabalho e da presença do Exército Brasileiro naquela região.

O Comandante da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, General de Brigada Marcelo Lorenzini Zucco, destacou que para os militares que servem na fronteira esse tipo de visita tem muito significado, pois é a oportunidade de mostrar o trabalho desenvolvido em localidades distantes e estratégicas para o nosso país.

O Vice-presidente do Supremo Tribunal Militar, Ministro Péricles Aurélio Lima de Queiroz, falou sobre o privilégio de fazer parte da comitiva que conheceu a Operação Acolhida, em Boa Vista e também o 1º PEF de Bonfim. “Consideramos uma oportunidade ímpar de sairmos de nossos gabinetes para ter contato com a realidade brasileira da Amazônia no longínquo estado de Roraima. Levaremos valiosas informações que enriquecerão nossas atividades no judiciário”, declarou.

Já para a Diretora do Departamento de Organismos Internacionais, do Ministério das Relações Exteriores, Ministra Gilda Motta, a experiência em Roraima foi muito preciosa, tanto na Operação Acolhida quanto no Pelotão de Fronteira. “Essa vivência foi muito rica e só confirmou o orgulho que eu tenho dos nossos militares e do nosso Exército e do trabalho espetacular que fazem”, concluiu.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército

PUBLICADO POR:  EXÉRCITO BRASILEIRO (ver repertório fotográfico)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: