No Amazonas, Funai distribui 30 toneladas de pescado a famílias indígenas da região do Alto Solimões

A Coordenação Regional (CR) Alto Solimões, unidade descentralizada da Fundação Nacional do Índio (Funai) com sede no munícipio de Tabatinga (AM), distribui cerca de 30 toneladas de peixe a famílias indígenas na região do Alto Solimões. Aproximadamente 6,7 mil indígenas das etnias Kokama e Tikuna foram beneficiados com a ação de distribuição.

Foto: Divulgação/Funai

O pescado foi doado pela Inspetoria da Receita Federal no Amazonas (IRF) e pela Polícia Federal à CR Alto Solimões. Conforme relata o coordenador regional da Funai em Tabatinga, Jorge Gerson Baruf, a doação se deve ao excelente relacionamento entre as instituições públicas na região do Alto Solimões. Baruf ressalta também o fortalecimento e a parceria entre Funai, Receita Federal, Polícia Federal e outros órgãos governamentais, com destaque para a Marinha do Brasil por meio da Capitania Fluvial de Tabatinga, que cedeu um caminhão dos Fuzileiros Navais para ajudar na operação humanitária.

Foto: Divulgação/Funai

“Não restam dúvidas sobre a importância da distribuição dos peixes para fortalecer a segurança alimentar e nutricional da nossa população indígena urbana e rural. Trata-se de um suplemento importante e bem-vindo tanto para as famílias indígenas, quanto para as crianças e jovens indígenas e não indígenas que diariamente fazem suas refeições nas escolas da região”, completa Jorge Baruf. A entrega do pescado ocorreu no dia 20 de maio.

Foto: Divulgação/Funai

Atuação da Funai

A Coordenação Regional Alto Solimões atende aproximadamente 100 mil indígenas em sua área de jurisdição, contabilizando mais de 470 comunidades ou aldeias distribuídas em 15 municípios do Alto e Médio Solimões no estado do Amazonas. Criada em 2009, a unidade é responsável por coordenar e monitorar a implementação de ações de proteção e promoção dos direitos das etnias Desana, Kaixana, Kambeba, Kanamari (Tukuna), Katukina, Kokama, Madja-Kulina, Maku-Yuhup, Maku Nadëb, Makuna, Mayoruna (Matsés), Miranha, Mura, Sateré–Mawé, Ticuna, Tuyuka, Tukano e Witoto.

Assessoria de Comunicação / FUNAI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: