Ibama realiza visita técnica em bases da Operação Guardiões do Bioma

Ação se deu em apoio a diversos órgãos e institutos federais unidos contra o desmatamento ilegal no norte do país

Foto: Carla Marques – Ibama/PE

Rondônia (27/05/2022) – O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) participou, nesta quarta e quinta-feira (25 e 26/05), de visita técnica a duas bases operacionais da ação Guardiões do Bioma, situadas em Porto Velho/RO e Humaitá/AM. A ideia foi articular estratégias de planejamento, por meio de uma atuação de forma integrada e permanente com diversos órgãos, em combate ao desmatamento ilegal no Brasil. A operação acontece desde o início de março de 2022 – e a previsão é de que a iniciativa ocorra por um ano.

Trata-se de uma ação inédita, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e Ministério do Meio Ambiente (MMA), com o objetivo de zelar pelo bioma Amazônia, que abrange a maior floresta tropical do mundo e, também, a maior bacia hidrográfica do planeta – a Bacia Amazônica. A partir de alertas recebidos por um aplicativo desenvolvido pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), as equipes dos institutos de fiscalização ambiental e de polícia ostensiva são acionadas para a devida inspeção. O Instituto irá identificar e penalizar possíveis responsáveis por crimes contra o meio ambiente.

De acordo com Aécio Galiza Magalhães, Coordenador Geral de Fiscalização Ambiental do Ibama, essas visitas técnicas – que acontecem mensalmente, são importantes porque permitem ao Ibama verificar in loco as condições de funcionamento dos trabalhos em cada base estabelecida: “É um modo de assegurar orientação constante e apoio adequado aos agentes em campo”, disse Galiza.

Além do Ibama, participaram do encontro integrantes do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Secretaria de Operações Integradas (Seopi), Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministério do Meio Ambiente (MMA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais Ministério da Defesa (MD), Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), Secretarias de Segurança Pública dos Estados (SSP’s), Polícias Civis e Militares estaduais (PC e PM).

Assessoria de Comunicação Social do IBAMA
Fotos: Carla Marques – Ibama/PE e Geraldo Lopes da Conceição Cunha – Diplan/Ibama

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: