Porcos selvagens geram prejuízo à plantações do Mato Grosso

Ataques de porcos selvagens estão destruindo lavouras no Mato Grosso. O alerta é da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Mato Grosso (Aprosoja).

Foto postada em: APROSOJA/MT

De acordo com a entidade, os ataques estão cada vez mais comuns por causa da rápida reprodução dos animais. E o principal alvo são as plantações de milho.

Tiago Stefanello Nogueira é proprietário de uma fazenda no estado do Mato Grosso que foi atacada pelos suínos e já contabiliza perdas de mais de R$ 150 mil só neste ano.

A Aprosoja já identificou na região 4 espécies de bichos: catetos, queixadas, javalis e javaporcos, que é uma espécie gerada a partir do cruzamento de porco doméstico com javali selvagem.

O vice-presidente da associação, Lucas Costa Bêber, aponta o motivo dos porcos estarem presentes na região atacando as lavouras.

Segundo ele, as medidas previstas na legislação são ineficazes para a diminuição dos ataques.

Desde 2013 o IBAMA autoriza o abate de javalis e javaporcos em algumas situações de riscos a plantações mediante pedido de controle populacional no órgão. O abate das espécies sem a autorização do instituto gera multa de R$ 500,00 por animal.

Publicado em 26/04/2022 – 20:09 Por Eduardo Cupertino* – estagiário da Rádio Nacional – Brasília – *Com supervisão de Raquel Mariano – Edição: Raquel Mariano / GT Passos – RADIOAGÊNCIA NACIONAL 

Ataques de porcos selvagens comprometem lavouras de milho em Mato Grosso – Releases – Comunicação – APROSOJA/MT   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: