Larvicida à base de plantas da Amazônia pode combater o Aedes aegypti

Desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal do Amapá, produto é feito também a partir de casulos do bicho-da-seda

Postada em: EBC Rádios

Tarde Nacional – Amazônia falou sobre um larvicida feito à base de casulos do bicho-da-seda e de óleos da Amazônia. O produto, desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal do Amapá (Unifap), poderá ser usado no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O entrevistado foi o professor do curso de Química, Irlon Maciel, que é também coordenador do programa de pós-graduação em Ciências Farmacêuticas da universidade.

Ele explicou as vantagens do uso de um larvicida biodegradável e desenvolvido com matérias-primas em abundância no país. Além do casulo do bicho-da-seda, o produto possui ainda vários óleos bastante comuns na Amazônia, como o óleo proveniente do açaí, da castanha do Brasil e do tucumã.

O professor contou também em que fase está a pesquisa e quais os próximos passos para a produção do larvicida, que já teve o seu pedido de patente solicitado.

Quer saber mais? Então clique no player acima e confira a entrevista na íntegra !

O Tarde Nacional – Amazônia vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 13h às 15h, na Rádio Nacional da Amazônia.  –   EBC RÁDIOS  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: