Sudam anuncia o investimento de R$637 mil para tecnologias de manejo de açaízais nativos no Marajó

Evento do programa “Abrace o Marajó” aconteceu na sede da autarquia, em Belém.

Durante evento Rodada de Entregas do Programa “Abrace o Marajó”, que aconteceu dia 23 de março na sede da Sudam, a autarquia anunciou o investimento de R$637 mil para tecnologias de manejo de açaízais nativos na região. O evento, promovido pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), contou com a participação e entregas de outras instituições parceiras do Programa, como o Ministério das Comunicações e BNDES.

Além da Sudam, foram divulgadas ações do MMFDH, das Comunicações, da Economia e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, voltadas para a população em situação de vulnerabilidade do Marajó atendida pelo Programa.

A rodada de entrega destinou 304 computadores para escolas municipais via Ministério das Comunicações — que também instalará 68 pontos de internet nas escolas indicadas pelas prefeituras, com o objetivo de oportunizar a inclusão digital das crianças da área.

SUDAM NO ABRACE O MARAJÓ

A Sudam participa do Abrace o Marajó desde 2020, indo até as comunidades e ouvindo as demandas. A autarquia foi responsável pelo diagnóstico socioeconômico e caracterização do território, que subsidiou o Programa.

Também conduz dois projetos de grande relevância: Plataforma +Brasil e o projeto “Casa do Açaí no Marajó”. O primeiro promove a capacitação de gestores e técnicos municipais na Plataforma + Brasil visando melhorar a eficácia e a efetividade dos convênios firmados na região. Já o projeto da Casa do Açaí contempla um espaço multifuncional de qualificação da produção e beneficiamento de açaizeiros nativos, impactante positivamente na vida de cerca de cinco mil famílias da região.

O Programa Abrace o Marajó tem como objetivo promover o desenvolvimento socioeconômico dos 16 municípios paraenses que compõem a Ilha do Marajó e melhorar as condições de vida da população. O Plano de Ação 2020-2023 do Programa possui 15 iniciativas as quais beneficiarão diretamente a região marajoara, que contém municípios com piores índices de desenvolvimento humano -IDH no país

PUBLICADO POR:    SUDAM     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: