Nota Pública da SESAI

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Ministério da Saúde, por meio do DSEI Yanomami, esclarece que, apesar de circunstâncias alheia à Saúde Indígena, mantém atendimento de saúde na comunidade Homoxi por meio do envio de profissionais de saúde para a região regularmente para a execução de missões que duram de sete a dez dias, alternados em ciclos contínuos, garantindo o atendimento de saúde.

Como muitos indígenas habitam regiões de mata fechada, as Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI) realizam atendimento contando com a estratégia de busca ativa, indo de aldeia em aldeia em busca de indígenas que necessitem de assistência ou que ainda não tomaram a vacina contra a Covid-19. Algumas dessas missões foram realizadas com o apoio da Força Nacional.

Homoxi é uma região na terra indígena Yanomami cujos problemas são de conhecimento dos órgãos públicos que detêm essa competência. Ressalta-se ainda que foram realizadas operações por alguns desses órgãos nessa região nos anos de 2020 e 2021. No último dia 17 de março, o DSEI Yanomami enviou ofício a diferentes órgãos informando as necessidades de apoio para as equipes de saúde que atuam na região.

Contato:
Núcleo de Comunicação/NUCOM
E-mail: comunicacao.sesai@saude.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: