Pimentas da Amazônia conquistam mercado brasileiro

Uma produtora do Acre adaptou a plantação de pimentas super ardentes ao clima do Norte do país e se tornou pioneira na produção desse tipo de planta na região. Por ser formada em Agronomia, Juliana Pinheiro conseguiu produzir as chamadas pimentas nucleares, as mais ardidas do mundo, usadas em molhos super picantes.

Por causa da ardência das pimentas, é preciso usar luvas durante a manipulação delas. Foto: Juliana Pinheiro/Arquivo pessoal

Continuar lendo Pimentas da Amazônia conquistam mercado brasileiro

Nota Pública – Secretaria Especial de Saúde Indígena – Ministério da Saúde

Casos de Covid-19 no DSEI Vale do Javari

Continuar lendo Nota Pública – Secretaria Especial de Saúde Indígena – Ministério da Saúde

Defensores de la Amazonía se reunirán en el Foro Panamazónico Perú 2022

El 27 de mayo, en la ciudad de Lima y de forma presencial -con extensión virtual-, se desarrollará el Foro Social Panamazónico (Fospa) Perú, como parte de la preparación nacional para el próximo Fospa Internacional Belém do Pará. Este encuentro, que convoca a todos los interesados en la protección de la Amazonía peruana, estará centrado principalmente en las iniciativas de defensa de ríos, soberanía y seguridad alimentaria agroecológica, economías transformadoras y justicia fiscal, cuerpos y territorios de mujeres, cambio climático y educadores populares.

Foto: Diego Pérez / SPDA

Continuar lendo Defensores de la Amazonía se reunirán en el Foro Panamazónico Perú 2022

Governo Federal homenageia Povos e Comunidades Tradicionais em websérie

Composto de três episódios, conteúdo foi lançado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e integra as ações do mês de Valorização dos PCTs

Atualmente, são 28 os segmentos de PCTs, segundo o Decreto nº. 8.750 de 2016. Entre os exemplos mais conhecidos estão os indígenas (Foto: Willian Meira)

Continuar lendo Governo Federal homenageia Povos e Comunidades Tradicionais em websérie

Atuação da SESAI no Vale do Javari AM

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Ministério da Saúde, por meio do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Vale do Javari informa que, até 19 de fevereiro, os índices da vacinação contra a Covid-19 em pessoas acima de 18 anos são: 87% (D1), 81% (D2) e 22% (D3). Continuar lendo Atuação da SESAI no Vale do Javari AM

35ª Tertúlia Portugal – Brasil

Será realizada no próximo dia 5 de março de 2022, sábado, a 35ª Tertúlia Portugal Brasil, sob o tema: “O Brasil na Guerra Peninsular: a sua importância para o sucesso da Estratégia Global e das Estratégias Gerais de Portugal”, tendo como convidado o MGen João Vieira Borges.

Continuar lendo 35ª Tertúlia Portugal – Brasil

Governo do Acre prestará apoio em trecho alagado da BR-364, em Rondônia

O governo do Estado enviará neste sábado, 26, uma equipe composta por militares do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil Estadual e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) para prestar apoio e verificar a situação dos caminhões com destino ao Acre que estão impedidos de seguir viagem devido a inundação de um trecho de aproximadamente 500 metros da BR-364, em Rondônia.

Foto postada em https://ariquemesonline.com.br/

Continuar lendo Governo do Acre prestará apoio em trecho alagado da BR-364, em Rondônia

PF apreende ouro e dinheiro em espécie vindos de garimpos ilegais no Amazonas

Na ação, uma pessoa foi presa em flagrante.

Postada em: Polícia Federal DPF

Continuar lendo PF apreende ouro e dinheiro em espécie vindos de garimpos ilegais no Amazonas

Funai adquire rastreadores via satélite para aprimorar ações de proteção territorial

A Fundação Nacional do Índio (Funai) adquiriu 62 rastreadores via satélite para serem utilizados em ações de fiscalização e vigilância em Terras Indígenas da Amazônia Legal. A iniciativa visa otimizar os trabalhos e aprimorar atividades como monitoramento, comunicação e mapeamento geográfico durante as operações de proteção territorial.

Postada em: FUNAI

Continuar lendo Funai adquire rastreadores via satélite para aprimorar ações de proteção territorial

Estudo do Inpa e da Ufma descreve nova espécie de planta da Amazônia já ameaçada de extinção

Conhecida pela alta diversidade da flora, a Amazônia teve mais uma descoberta de planta nativa no bioma. Pertencente à família Clusiaceae, a nova espécie descrita como Tovomita cornuta foi encontrada em campinaranas de Manaus, Presidente Figueiredo e São Sebastião do Uatumã, dois municípios próximos à capital amazonense. A planta de pequeno porte, no entanto, já “nasce cientificamente” com uma classificação de alerta dos cientistas. Foi classificada como criticamente em perigo de extinção por sua área de distribuição ser restrita, possuir poucas populações conhecidas e o seu habitat sofrer impactos das atividades humanas.

Banner: Lucas Batista. – Postado em: INPA

Continuar lendo Estudo do Inpa e da Ufma descreve nova espécie de planta da Amazônia já ameaçada de extinção

Nova espécie de palmeira Mauritiella é descoberta na Amazônia quase um século depois das últimas descrições para o gênero

Descobrir uma nova espécie de palmeira na Amazônia, um dos grupos de plantas mais abundantes na região, não é algo comum no último século.  De cada 20 espécies de árvores, oito são palmeiras como buriti e açaí. Mas, agora, cientistas brasileiros e estrangeiros com participação do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) descreveram uma nova espécie de palmeira do gênero Mauritiella, da família Arecaceae. As últimas descrições de palmeiras do gênero Mauritiella foram em 1935.

Descrita como Mauritiella disticha, a espécie é encontrada em parte do arco do desmatamento -região que apresenta maiores índices de desmatamento na Amazônia – e já está categorizada como vulnerável por apresentar elevado risco de extinção. Banner – Thalita Bandeira – Comunicação Inpa

Continuar lendo Nova espécie de palmeira Mauritiella é descoberta na Amazônia quase um século depois das últimas descrições para o gênero

Castanheira é promissora para potencializar a silvicultura de espécies nativas e gerar negócios no setor florestal da Amazônia

Com ampla distribuição na região Amazônica, a castanheira-da-amazônia (Bertholletia excelsa), castanheira-do-brasil ou castanheira-do-pará como ficou conhecida, é uma espécie fornecedora de múltiplos produtos e as suas sementes (amêndoas) são um dos principais produtos florestais não madeireiros comercializados no Brasil. Com diversos benefícios para a saúde, as sementes contribuem para a subsistência de populações, pela economia extrativista, principalmente no Brasil, Bolívia e Peru. A produção da castanha nesses países ainda é ancorada no extrativismo, mas estudo demonstra que a castanheira é uma das espécies florestais nativas mais promissoras para a formação de plantios florestais, em diferentes condições Amazônicas.

Para demonstrar a viabilidade de plantios de castanheiras, os pesquisadores reuniram mais de uma centena de pesquisas, buscando as conexões dos fatores ambientais, especialmente água, luz e nutriente, e suas influências sobre o crescimento e a produção de frutos da espécie. Banner – Thalita Bandeira/ Inpa

Continuar lendo Castanheira é promissora para potencializar a silvicultura de espécies nativas e gerar negócios no setor florestal da Amazônia

STF derruba atos que desprotegiam terras indígenas não homologadas

Estão definitivamente suspensos dois atos administrativos da Fundação Nacional do Índio (Funai) que barravam atividades de proteção territorial da autarquia em terras indígenas não homologadas. A decisão foi tomada pelo Supremo Tribunal Federal, em julgamento no Plenário Virtual da Corte. Até esta sexta-feira (25/2), outros seis ministros já haviam acompanhado o entendimento do relator, ministro Luís Roberto Barroso.

Thiago Gomes/Agência Pará – Postada em: Conjur

Continuar lendo STF derruba atos que desprotegiam terras indígenas não homologadas

Mamógrafos apoiam prevenção de câncer de mama em mulheres ribeirinhas da Região Norte

Fevereiro é o mês em que se comemora o Dia Nacional da Mamografia (5). Neste ano, a Marinha do Brasil (MB) prevê a realização de 2 mil mamografias para mulheres ribeirinhas na Região Norte. Os atendimentos são o resultado de uma parceria entre a MB e a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), organização do sistema da Organização das Nações Unidas (ONU) com sede em Viena, Áustria.

NAsH “Soares de Meirelles” é um dos navios equipados com o mamógrafo – Com9ºDN

Continuar lendo Mamógrafos apoiam prevenção de câncer de mama em mulheres ribeirinhas da Região Norte

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com