Líder indígena Tupinambá emite carta contra construção de rodovia no Pará

MANAUS — O líder indígena Angelo Madson Tupinambá, do Território Murucutu, emitiu nesta sexta-feira, 7, uma carta aberta contra a construção da Eco Rodovia Liberdade, que liga cidades do interior do Pará à capital Belém, cortando uma extensa área verde no Estado. Para o indígena, o projeto ameaça o futuro e o legado do povo Murucutu, além de impactar diretamente o ecossistema da vida animal, vegetação, solo e clima.

Rodovia liberdade, traçado em verde. BR-316 em vermelho (mais longo). Em amarelo a Alça Viária (Imagem: Setran/PA.) – AGÊNCIA CENARIUM

“A Rodovia Liberdade vai impactar diretamente todo complexo ecossistema da vida animal, vegetação, solo e clima. Trata-se de uma área de Preservação Ambiental (APA) criada para proteção dos mananciais Água Preta e Bolonha que abastecem a cidade e o Parque Estadual do Utinga, grande ponto turístico e de conservação de espécies animais e vegetais”, diz trecho da carta.

Segundo o documento, a construção da rodovia é ‘bizarra’ e pretende rasgar o remanescente ambiental, romper o Cinturão Institucional do Pará, uma espécie de trecho que limita áreas militares e ambientais do Estado. Para Angelo Tupinambá, o projeto também busca abrir caminho para “entrega gradual do patrimônio ancestral à exploração de seus recursos, reduzindo território às ‘ruínas do Murucutu’”.

No texto, o líder indígena explica que o projeto ‘Eco Rodovia Liberdade’ consiste na implantação de uma rodovia de mão dupla, com duas faixas e acostamento nos dois sentidos, totalizando 14,5 quilômetros de extensão (com trecho inicial na Avenida Perimetral, indo à rodovia da Alça Viária, em Marituba). “A rodovia está no Plano de Ações Estratégicas para Desenvolvimento do Pará, contempladas no Plano Plurianual do Estado, publicado no diário oficial, em 12 de março de 2020, nº 34.140 (#EuChoro!). O Projeto existe desde 2018 e possui recursos de 400 milhões liberados pela Alepa ao Governo do Estado do Pará (Lei Ordinária Nº 9.150, de 18 de dezembro de 2020) (#AgoraMeDeuMedo / #SQN)”, continua outro trecho do documento.

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium – Republicação gratuita, desde que citada a fonte. AGÊNCIA CENARIUM – Copyright © AGÊNCIA CENARIUM

ÍNTEGRA DISPONÍVEL EM:   AGÊNCIA CENARIUM 

VER MAIS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: