SESAI e SVS realizam ações de enfrentamento à malária em Roraima

Foram visitadas comunidades indígenas dos DSEI Leste de Roraima e Yanomami

Postada em: Saúde Indígena

Entre os dias 08 e 12 de novembro, a Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), realizou uma visita técnica sobre as ações de controle e eliminação da malária no estado de Roraima. Durante o período, os técnicos do Ministério da Saúde visitaram as sedes dos DSEI Leste de Roraima e Yanomami para reunião com a equipe da Divisão de Atenção à Saúde Indígena (DASI), onde foram elencadas as dificuldades para integração das ações de controle da malária, juntamente com o Grupo Técnico da Malária da Coordenação Geral de Vigilância de Zoonoses e Doenças de Transmissão Vetorial da Secretaria em Vigilância em Saúde (SVS), e a Coordenação Geral de Vigilância em Saúde do estado de Roraima.

Postada em: Saúde Indígena

No dia 12/11 foi realizada reunião com o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Yanomami, onde foram discutidas estratégias para a inserção das fichas de notificação do Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica (Sivep-Malária). Outro ponto levantado na reunião foi o processo de licitação para aquisição de insumos necessário para as ações de controle da doença no DSEI. Ainda foram realizadas reuniões com o Laboratório Central de Roraima, Hospital Geral de Roraima e Organizações Não Governamentais (ONGs) para conhecer e ampliar as ações já realizadas de diagnóstico da malária e revisão das lâminas de gota espessa, e vigilância do óbito.

Postada em: Saúde Indígena

Foram visitadas as comunidades indígenas de Malacacheta, em Cantá, e Napoleão, em Normandia, e realizada reunião entre a Coordenação-Geral de Vigilância das Zoonoses e Doenças Vetoriais (CGZV), Coordenação de Gestão da Atenção da Saúde Indígena (COGASI/DASI) e o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Yanomami e Leste de Roraima.

Além disso, entre os dias 25 e 29 de outubro, os técnicos do DSEI Leste Roraima e Yanomami participaram do curso de capacitação em georreferenciamento e microestratificação da malária, que teve por objetivo contribuir com a atualização das localidades vulneráveis e receptivas de transmissão da malária para expandir a vigilância e controle da doença no estado de Roraima.

PUBLICADO POR:  SAÚDE INDÍGENA MINISTÉRIO DA SAÚDE   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: