Operação contra garimpo ilegal desinstala 131 balsas no rio Madeira

Polícia Federal, Forças Armadas e Ibama atuam para coibir exploração ilegal de ouro no Madeira, onde garimpeiros instalaram cerca de 300 balsas há pelo menos 15 dias

Com o apoio das Forças Armadas e do Ibama, a Polícia Federal apreendeu ou destruiu cerca de 131 balsas durante operação contra o garimpo ilegal no rio Madeira, próximo ao município de Autazes, no Amazonas, no último fim de semana. Imagens na internet mostram embarcações em chamas, próximas a viaturas policiais. A informação foi divulgada nas redes sociais do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, nesta segunda-feira (29/11).

Há duas semanas, garimpeiros instalaram centenas de balsas ao longo do rio Madeira para exploração massiva de ouro. Aproximadamente 300 instalações flutuantes estavam atracadas na região. Conforme relato fornecido ao Correio de uma fonte que não quis se identificar, garimpeiros possivelmente saíram do local por volta das 23h de quinta-feira (25), após conhecimento da operação policial na localidade, que fica a 120 quilômetros de Manaus.

ÍNTEGRA DA POSTAGEM DISPONÍVEL EM:    CORREIO BRAZILIENSE  

VER MAIS EM: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*