Com líderes indígenas, Funai define ações para atender demandas de etnias na Amazônia

Servidores da unidade descentralizada da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Macapá (AP) se reuniram com representantes da Associação dos Povos Indígenas Tiriyó, Kaxuyana e Txikuyana (APITIKATXI) a fim de definir o plano de ação das medidas de saúde, etnodesenvolvimento e fiscalização territorial na Terra Indígena Parque do Tumucumaque a serem realizadas em 2022.

O coordenador regional da Funai, Ilton Lima da Silva [ao centro], com lideranças da Terra Indígena Parque do Tumucumaque (foto: divulgação/Funai)

Durante uma assembleia da associação na Terra Indígena localizada no município paraense de Óbidos, servidores da Coordenação Regional Amapá e Norte do Pará debateram com cerca de 30 lideranças indígenas as demandas de suas comunidades, incluindo a distribuição de 2 mil cestas básicas na área do Parque Tumucumaque, Rio Paru D’Este e Paru D’Oeste. Já em andamento, a entrega das cestas vai beneficiar aldeias das etnias Apalai, Kaxuyana, Tiriyó, Txikuyana e Wayana, em uma ação que conta com o apoio do Primeiro Pelotão Especial de Fronteira (PEF Tiriós).

Postada em: FUNAI

Os líderes indígenas também requisitaram insumos e ferramentas para desenvolver ações de etnodesenvolvimento e fazer a manutenção da limpeza das aldeias e pistas de pouso, afirma o coordenador regional da Funai, Ilton Lima da Silva. O coordenador regional ressaltou o diálogo entre a unidade da fundação e as associações indígenas em busca de soluções para as demandas das aldeias.

“É de fundamental importância a participação dos servidores da Coordenação Regional nos eventos promovidos pelos indígenas. Somente ‘in loco’ podemos verificar a real situação em que se encontra cada comunidade indígena, suas necessidades sociais e territoriais”, conclui Ilton Lima. Participaram da assembleia os servidores da Funai Aluízio da Silva Araújo e João Benedito dos Santos.

Assessoria de Comunicação / FUNAI   com informações da Coordenação Regional Amapá e Norte do Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*