27ª Tertúlia Portugal Brasil

Será realizada no próximo dia 6 de novembro de 2021, sábado, a 27ª Tertúlia Portugal Brasil, sob o tema “A Influência de Médicos e Cirurgiões Militares Nascidos na América Portuguesa no Ensino Médico-Cirúrgico em Portugal e no Brasil”, tendo como convidado: o Dr. Rui Pires de Carvalho.

O grupo de trabalho transnacional, capitaneado pelo Prof. Dr. Cesar Bargo Perez e pelo Cel. Elcio Secomandi, por parte do Brasil, e pelo General Rui Moura, por parte de Portugal, CONVIDA para a 27ª Tertúlia Portugal Brasil:

27ª TERTÚLIA PORTUGAL-BRASIL
SÁBADO, dia 06/novembro/2021,
21h00 – 22h40 (horário de Lisboa) / 18h00 – 19h40 (horário de Brasília),

TEMA: “A Influência de Médicos e Cirurgiões Militares Nascidos na América Portuguesa no Ensino Médico-Cirúrgico em Portugal e no Brasil”

Apresentação: Dr. Rui Pires de Carvalho

Plataforma Zoom: https://us02web.zoom.us/j/6164543465

Canal das Tertúlias:   https://www.youtube.com/TertuliasPortugalBrasil
Canal de Podcast:   https://anchor.fm/tertuliasportugalbrasil   

RESUMO DA APRESENTAÇÃO
Médicos e cirurgiões militares naturais da América Portuguesa vieram a ter decisiva importância na fundação da Escola Cirúrgica da Baía (o estabelecimento de ensino superior mais antigo do Brasil – 1808), da Aula de Anatomia, Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e, mais tarde, das Reais Escolas de Cirurgia de Lisboa e Porto. José Correia Picanço e Teodoro Ferreira de Aguiar são apontados como os principais actores destes factos históricos. No caso da América Portuguesa, tal resultou sobretudo da conjuntura criada pela transferência estratégica da Família Real e sua Comitiva para aquele território face à eminente (primeira) Invasão Francesa. O autor faz uma breve resenha biográfica das personalidades referidas e das circunstâncias em que exerceram e se movimentaram, numa análise crítica da bibliografia e historiografias oficiais que os consideram agentes fundamentais neste marco do Ensino Médico e Cirúrgico. Como consequência desta investigação, aponta para novas pistas ou apresenta os factos na realidade apurados, por vezes díspares das versões institucionais.

CURRICULUM VITAE

Rui Pires de Carvalho
Tenente-Coronel Médico (Exército) na situação de Reserva (a seu pedido, desde 31 de Dezembro de 2016). Natural do Porto (1966). Licenciado em Medicina, pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, em 1990. Assistente Hospitalar de Neurocirurgia desde Julho de 2000. Grau de Consultor da Carreira Médica de Neurocirurgia desde Dezembro de 2014. Foi Chefe do Serviço de Neurocirurgia do Hospital Militar Principal. Chefe da Repartição de Saúde, da Direcção de Saúde do Exército, em 2009-2012. Chefe da Unidade Integrada de Neurocirurgia do Hospital das Forças Armadas – Pólo de Lisboa (HFAR-PL) até 31 de Dezembro de 2016. Foi Chefe dos Departamentos de Cirurgia e dos Cuidados Críticos do HFAR-PL. Exerce atividade clínica em Unidades de Saúde Privadas. Doutorando em História / História Contemporânea / História de Medicina Militar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Membro da Direção da Secção de História de Medicina da Sociedade de Geografia de Lisboa (1ª Secretário). É autor e coautor de comunicações e posters, em congressos nacionais e internacionais, na área da Saúde Militar. Publicou artigos biográficos e de História de Saúde Militar em diversas publicações (Revista da Ordem dos Médicos, Jornal do Exército, Revista Militar, Revista da Armada, Anais Leirienses, Vesalius). Autor do capítulo “A Medicina Militar (Exército) no tempo das Invasões Francesas”, do livro Medicina e Farmácia no tempo das Invasões Francesas. Coordenador do livro “A Saúde Militar na Primeira Guerra Mundial e o Acervo da Biblioteca do Exército”, a publicar pelo EME, DHCM e BE, juntamente com o Coronel Freire da Silva e Dra Berta Torrado.

AS TERTÚLIAS JÁ REALIZADAS ESTÃO DISPONÍVEIS NO YOUTUBE:  TERTÚLIAS PORTUGAL BRASIL

Comissão Organizadora do Projeto Tertúlia Portugal-Brasil:
– Major General Rui Moura, Reserva do Exército de Portugal;
– Prof. Dr. Cesar Bargo Perez, Pesquisador da Universidade Católica de Santos; e
– Cel Rfm/EB Elcio R. Secomandi, Pesquisador e Professor Emérito da Universidade Católica de Santos  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*