SESAI e SVS entregam material de apoio no diagnóstico da malária aos DSEI

Secretarias se unem para distribuir material ainda mais qualificado no diagnóstico da malária 

Postada em: Saúde Indígena

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), em parceria com a Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e da Organização Pan – Americana de Saúde (OPAS) recebeu mais de 300 pranchas para o diagnóstico da malária. Serão beneficiados todos os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) que apresentam casos de incidência da doença.

Postada em: Saúde Indígena

Ao todo, 20 DSEI serão contemplados com os materiais, que serão utilizados pelos técnicos laboratoriais que atuam em campo em busca da identificação microscópica da malária pelo método Giemsa, uma técnica de coloração diferencial utilizada para a diferenciação de células sanguíneas normais e anormais em exames periféricos de sangue e medula óssea, bem como para a coloração de cortes histológicos e amostras citológicas. Além disso, o material apresenta texto explicativo sobre as quatro espécies de parasitas causadores da malária humana e sua morfologia.

Postada em: Saúde Indígena

De acordo com o diretor do Departamento de Atenção à Saúde Indígena (DASI), Marcelo Alves Miranda, as pranchas servem como guia para os profissionais de saúde. “O intuito é apoiar ações de capacitação e fortalecer o diagnóstico da doença nas áreas de abrangência dos 20 DSEI endêmicos para malária”, afirma.

Postada em: Saúde Indígena

Texto: Karina Borges – PUBLICADO POR:   SAÚDE INDÍGENA MINISTÉRIO DA SAÚDE    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*