ONU: Brasil participa do Diálogo de Alto Nível sobre Energia

Após discursar na Assembleia Geral da ONU, o presidente Jair Bolsonaro participou, nesta sexta-feira, do Diálogo de Alto Nível sobre Energia, por meio de vídeo veiculado no portal do evento. Convocado pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, o encontro é o primeiro, em 40 anos, que trata exclusivamente do tema geração de energia.

Jair Bolsonaro disse que a matriz energética baseada em combustíveis fósseis, na maioria dos países, é a principal responsável pela mudança no clima do planeta, atualmente. Ele acrescentou que o Brasil tem a matriz energética mais limpa, entre as grandes economias do mundo, e destacou os compromissos do governo com o processo de transição energética.

O presidente Bolsonaro ainda destacou que o Brasil pretende reduzir as emissões de carbono e vai investir na transição para a produção de hidrogênio limpo, fonte que não emite carbono na atmosfera.

A ideia do encontro é discutir, mobilizar e propor compromissos e ações ligadas à geração de energia de forma sustentável.

Ao fim do diálogo, será elaborado um roteiro global, com ações recomendadas e marcos para acelerar o cumprimento do objetivo nº7 da Agenda 2030, que prevê a geração de Energia Acessível e Limpa, até o ano de 2030. Também serão firmados, no evento, compromissos na forma de “pactos de energia”, para “promover energia limpa e acessível para todos até 2030 e emissões líquidas zero até 2050”.

De acordo com a ONU, mais de 130 pactos de energia foram apresentados pelas entidades participantes.

Publicado em 24/09/2021 – 15:36 Por Sayonara Moreno – Repórter da Rádio Nacional – Brasília – Edição: Paula de Castro / Beatriz Arcoverde – RADIOAGÊNCIA NACIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*