Linhão: Pressionado por sanção de ‘emenda jabuti’, povo Waimiri Atroari quer compensação

Manaus (AM) – Os Waimiri Atroari apresentaram na última quarta-feira (11) um documento com propostas de compensação ambiental pela passagem de 123 quilômetros dentro de seu território da linha de transmissão de energia Tucuruí. A proposta foi apresentada em reunião ocorrida na terra indígena, com presença de autoridades de órgãos do Executivo Federal e Estadual, entre eles o Ministério Público Federal e Estadual de Roraima. A decisão dos Waimiri Atroari é mais um capítulo da pressão que este povo vem sofrendo há 10 anos pelo governo brasileiro para autorizar o Linhão do Tucuruí, desde a gestão petista culminando com a gestão de Jair Bolsonaro, para autorizar a obra.

ÍNTEGRA DA POSTAGEM DISPONÍVEL EM:    AMAZÔNIA REAL                

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*