Banco de dados vai reunir cadeia produtiva de frutas na faixa de fronteira

A professora Leide Maria Leão Lopes participou do quadro Radiociência e falou da criação de um banco de dados secundário sobre as cadeias produtivas de frutas na faixa de fronteira do Alto Solimões.

Postada em: EBC Rádios

Ouça no player acima.

Leide explicou que a fruticultura é uma atividade com grande capacidade de geração de emprego e renda. Por isso, apresenta uma importância social muito grande para a região, em particular em áreas mais pobres onde não há muitas alternativas para dinamizar a economia local.

O projeto construiu um banco de dados, a partir de dados secundários, para utilizar as cadeias de produção das frutas nessa região da faixa de fronteira do Alto Solimões, que contempla as cidades de Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte.

Segundo Leide, o projeto de iniciação cientifica subsidiará o de mapeamento das cadeias produtivas da fruticultura e biodiversidade na faixa de fronteira.

O programa Recados vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 15h, na Nacional Alto Solimões.

PUBLICADO POR:    EBC RÁDIOS 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*