Governo Federal amplia atuação de militares contra desmatamento ilegal no Amazonas

Operação anunciada em junho passa a abranger as demais áreas da Amazônia Legal no Estado; antes, sete municípios eram atendidos

O presidente Jair Bolsonaro, atendendo a requerimento do governador Wilson Lima (PSC), ampliou o emprego das Forças Armadas no combate a crimes ambientais no Estado do Amazonas. A autorização ocorre após a Floresta Amazônica bater o recorde de alertas de desmatamento para o mês de junho e estende uma operação militar anunciada naquele mês para a região. A medida consta em edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União (DOU).

Desde 28 de junho, um decreto autorizava a atuação dos militares em áreas específicas — terras indígenas, unidades federais de conservação e locais de propriedade ou sob posse da União — do território que compõe a Amazônia Legal. No Estado do Amazonas, sete municípios eram abrangidos pelo decreto antes da ampliação. O texto ainda indica outros 19 municípios de Rondônia, Pará e Mato Grosso, cabendo a cada governador formular requerimento para ampliar as áreas atendidas em seu Estado.

Veja o texto na íntegra: O Estado de S. Paulo

PUBLICADO POR:     JORNAL DA CIÊNCIA – SBPC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*