Bioeconomia vai até o Marajó

Como parte da programação do Governo Federal para o Arquipélago do Marajó, a Organização Social BioTec-Amazônia apresentou projetos de bioeconomia para os gestores locais.

Postada em BIOTEC-Amazônia

Uma comitiva com representantes dos governos federal e estadual e de organizações do terceiro setor esteve no Pará para promover um evento de ações do programa Abrace o Marajó. A programação terminou na sexta (2) e incluiu oficinas de trabalho, entre elas, duas com participação da Organização Social BioTec-Amazônia, convite feito pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). O objetivo do encontro era expor os programas e projetos dos ministérios e de outros órgãos federais aos prefeitos e demais gestores municipais e aproximar as equipes de dirigentes locais, além de apresentar e discutir o plano de ação 2020/2023.

A Organização Social BioTec-Amazônia teve participação específica e especial e contou com a presença, na quinta-feira (1), do seu Diretor-Presidente, Professor José Seixas Lourenço como mediador do Painel 2 – Desenvolvimento Institucional no Marajó. Nesse grupo tivemos a presença do Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES); da Controladoria Geral da União (CGU); da Ouvidoria Nacional dos Direito Humanos (ONDH); da Secretaria Nacional da Família (SNF) e da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ).

Já na parte da tarde, o Diretor de Articulação Público-Privada Sérgio Alves compôs a mesa como palestrante do PAINEL 4 – Desenvolvimento Produtivo no Marajó falando de Pesquisa para o Desenvolvimento Produtivo. Na oportunidade, Sérgio apresentou a equipe da BioTec-Amazônia presente no evento e projetos voltados para a região. “Agradecemos o Ministério pelo convite de estarmos aqui nesse evento falando do Programa que traz desenvolvimento ao Marajó. Nossos projetos visam alavancar os produtos da bioeconomia e fazer o produtor comercializar sua produção”.

Como parte integrante da equipe BioTec-Amazônia, também participou o Pesquisador Empreendedor Associado, Professor Raul Carvalho, que trabalha com tecnológica supercrítica há vinte anos e é coordenador do Laboratório de Tecnologia Supercrítica. instalado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, em Belém, que possibilita o isolamento e a extração seletiva de compostos específicos e resulta em produtos altamente concentrados como o jambu desengordurado, muruci em pó, azeite de muruci, azeite de cupuaçu, cupuaçu em pó, azeite de açaí, açaí em pó.

Outro Pesquisador Empreendedor Associado da BioTec-Amazônia que esteve no grupo de trabalho foi José Ribamar Felipe Marques, pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental, Coordenador do Banco de Germoplasma Animal da Amazônia Oriental – BAGAM, Salvaterra, na Ilha de Marajó. O pesquisador já coordenou a Missão Brasileira para a Itália e Bulgária visando o melhoramento genético dos Búfalos; Coordenou a Missão Promebull Pará à Índia para Intercâmbio Técnico Científico e Melhoramento Genético dos Búfalos com o ICAR e alguns Estados Indianos.

Terceiro Setor – A BioTec-Amazônia foi eleita como a representante do Terceiro Setor no Programa Abrace o Marajó. A indicação da BioTec-Amazônia à posição de representante do Terceiro Setor do Grupo Executivo do Programa Abrace o Marajó, com direito a voto, foi aprovada na 2ª Reunião Ordinária (4ª RGEX), realizada em Brasília, no dia 5 de abril de 2021, do Grupo Executivo (GEX/Marajó).

A BioTec-Amazônia passa a fazer parte do Comitê Executivo que é composto de representantes do Governo do Estado, Governos Federal e Municipal e do Terceiro Setor, e contou com os votos do representante do Governo do Estado e representantes federais, da FIEPA e FAEPA.

A escolha mostra o reconhecimento ao trabalho da BioTec-Amazônia. O resultado final da indicação foi comunicada à Associação BioTec-Amazônia por Henrique Villa, Assessor Especial do Programa Abrace o Marajó, projeto vinculado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) que também convidou a BioTec-Amazônia para fazer parte da Comitiva que esteve em Soure levando ações do programa Abrace o Marajó ao povo marajoara.

Silvia Leão

Comunicação BioTec-Amazônia.

E-mail: silviadesouzaleao@biotecamazonia.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*