20ª Tertúlia Portugal Brasil

Será realizada no próximo dia 31 de julho de 2021, sábado, a 20ª Tertúlia Portugal Brasil, sob o tema: “As relações entre Brasil e Portugal, retratadas nos jornais portugueses: Um “case” da Imprensa como fonte e objeto, na Guerra do Paraguai”, tendo como Convidado apresentador: Edgley Pereira de Paula

O grupo de trabalho transnacional capitaneado pelo Prof. Dr. Cesar Bargo Perez e pelo Cel. Elcio Secomandi, por parte do Brasil, e pelo General Rui Moura, por parte de Portugal, promove, no próximo dia 31 de julho de 2021, a “20ª Tertúlia Portugal Brasil.”

20ª TERTÚLIA PORTUGAL-BRASIL
SÁBADO, dia 31/julho/2021,
22h00 – 23h40 (hora de Lisboa) / 18h00 – 19h40 (hora de Brasília),

TEMA: “As relações entre Brasil e Portugal, retratadas nos jornais portugueses: Um “case” da Imprensa como fonte e objeto, na Guerra do Paraguai”

Convidado apresentador: Edgley Pereira de Paula

Plataforma Zoom:      https://us02web.zoom.us/j/6164543465

Canal das Tertúlias:     https://www.youtube.com/TertuliasPortugalBrasil

RESUMO DA APRESENTAÇÃO

De certo, no decorrer dos oitocentos, os portugueses viveram uma situação peculiar no Brasil, pois as ligações com o antigo país colonizado nunca foram quebradas, nem mesmo pós Independência. Diferentemente do restante da América, o Brasil se manteve monárquico, inclusive com um rei português e depois com seu filho Dom Pedro II.
Nesse sentido, muitos portugueses e seus descendentes diretos se mantiveram nas estruturas político-administrativas e econômicas do jovem império brasileiro em consolidação.
As consequências culturais dessa presença e intercâmbio revelaram-se no contexto do que seria ser “brasileiro” e tiveram expressão nas várias disputas em todos os níveis da vida política e social do país.
Igualmente, a preponderante posição das taxas de imigração portuguesa no período analisado (de 1850 a 1870), comparativamente com as outras nacionalidades sempre foram largamente superiores, influenciaram nas preferências ocupacionais e os espaços geográficos ocupados por essa comunidade lusitana, particularmente na capital do Brasil, onde a maioria se fixou, revelando dinâmicas próprias e singulares dessa relação.
Nessa perspectiva, a “imprensa” e seu “público leitor” são interessantes “lugares” para se analisar essa relação de trocas culturais recíprocas e revelam-nos um curioso cenário de conflitos e aproximações entre esses dois povos.

CURRICULUM VITAE

Edgley Pereira de Paula é historiador, possui Bacharelado e Licenciatura Plena em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestrado em História Política pelo PPGH/UERJ, é pós-graduado (Especialização) em História Militar Brasileira pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), sócio honorário do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (IGHMB), sócio titular da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (AHMTB), Seção Brasília e pesquisador associado ao Centro de Estudos e Pesquisas em História Militar do Exército (CEPHiMEx).
Ex-professor do Colégio Militar de Brasília (2005 a 2007 e 2018 a 2020), trabalhou por mais de 11 anos na Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército (2007 a 2018), nesse período trabalhou também como revisor técnico de História Militar da Editora Record, além de organizar diversos seminários nacionais e internacionais de Patrimônio Cultural e História Militar.
Atualmente está para defender sua tese de Doutoramento na Universidade de Coimbra, em Portugal (onde ingressou em 2016/17), fez ainda estágio como investigador visitante Erasmus+, no Instituto Iberamerica (2018), na Universidade de Salamanca, Espanha.
Para além dessas questões acadêmicas, é autor de vários artigos e livros sobre os temas “guerra” e “imprensa” e todas as nuances de assuntos que deles são revolvidos, como imaginários coletivos, iconografias, mass media e os usos e abusos da história e da memória social (facilmente encontrado em qualquer “buscador” na internet). Na linha de interesse seguem-se também presentes temáticas como patrimônio cultural, semiótica e historiografia, com especial atenção ao século XIX, no mundo Ibero-americano, tema do seu doutorado.

AS TERTÚLIAS JÁ REALIZADAS ESTÃO DISPONÍVEIS NO  YOUTUBE:  TERTÚLIAS PORTUGAL BRASIL 

Comissão Organizadora do Projeto Tertúlia Portugal-Brasil:
– Major General Rui Moura, Reserva do Exército de Portugal;
– Prof. Dr. Cesar Bargo Perez, Pesquisador da Universidade Católica de Santos; e
– Cel Rfm/EB Elcio R. Secomandi, Pesquisador e Professor Emérito da Universidade Católica de Santos   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*