Nova temporada do Amazoniar irá focar nas comunidades indígenas

O IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) começa a exibir na quarta-feira (2/6), às 14h (horário de Brasília), o segundo ciclo do Amazoniar. O projeto surgiu como um canal de diálogo global para discutir a Amazônia, dar visibilidade aos impactos sentidos pela floresta e refletir de que modo isso afeta as relações entre o Brasil e o mundo.

Amazoniar surgiu como um canal de diálogos global para discutir a Amazônia. Foto: Divulgação / IPAM

A nova temporada aborda as comunidades indígenas e suas perspectivas sobre os direitos humanos, a conservação florestal, a mudança do clima e o desenvolvimento sustentável da região amazônica. As transmissões serão ao vivo, em português (com tradução para o inglês) e acontecerão duas vezes por mês.

O primeiro episódio do circuito, chamado “Clima em mudança: os efeitos sobre os direitos dos indígenas da Amazônia”, trará como convidadas a presidente do Comitê Regional do IMC (Instituto de Mudanças Climáticas) e GCF (Comitê Regional para Parcerias com Povos Indígenas e Outras Populações Tradicionais), Francisca Arara, e a diretora do programa de água do Woodwell Climate Center, Márcia Macedo, discutem sobre como um futuro amazônico mais quente e seco pode ameaçar ainda mais essas comunidades e seus territórios. A moderação será feita pela diretora de Ciências do IPAM, Ane Alencar.

Salve na agenda e clique aqui para assistir.

Saiba mais

Confira o calendário dos próximos episódios e quais temas serão debatidos:

2 de Junho – Ep 07: Clima em mudança: os efeitos sobre os direitos dos indígenas da Amazônia.

17 de Junho – Ep 08: O papel dos povos indígenas na conservação da floresta.

1º de Julho – Ep 09: O que podemos aprender com as ciências tradicionais?

15 de Julho – Ep 10: Integração Pan-amazônica: inúmeras culturas em um só bioma.

Assista aos episódios anteriores

O primeiro ciclo temático da série focou nas relações comerciais entre Brasil e Europa. Você pode conferir todos os episódios no canal do IPAM no YouTube.

PUBLICADO EM: IPAM AMAZÔNIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*