Pirarucu ganha holofotes da mídia internacional como um símbolo do desenvolvimento sustentável subexplorado na Amazônia

Queridinho do paladar dos brasileiros e apreciado por chefs famosos, o pirarucu agora virou capa de revista internacional.

Foto: Ricardo Oliveira, Sema/AM – Postada em: IMAZON

Tratado como um símbolo do desenvolvimento sustentável na Amazônia, o peixe ainda tem um potencial subexplorado e poderia gerar muito mais do que os atuais US$ 450 mil anuais (ou R$ 2,5 milhões).

Compradores dos Estados Unidos, China, Europa e Arábia Saudita têm interesse no pirarucu, mas os coletivos de pesca enfrentam numerosos gargalos. Entre eles está o sistema de transporte fluvial pouco confiável e caro, a falta de equipamentos de refrigeração adequados e altos custos de segurança para proteger o habitat de mineradores e madeireiros ilegais.

É isso que contam o cofundador do Imazon Beto Veríssimo, o diretor executivo da Climate Policy Initiative no Brasil Juliano Assunção e os editores da Americas Quarterly Brian Winter e Cecilia Tornaghi em um artigo publicado nesta quarta-feira, na revista.

Leia o artigo em português ou em inglês
Veja a revista completa  

PUBLICADO POR: IMAZON

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*