Mourão participa de reunião do Conselho Nacional da Amazônia

O vice-presidente da República e presidente do Conselho Nacional da Amazônia Legal, Hamilton Mourão, participou nesta quarta-feira (26) da 5ª Reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal, no Palácio do Itamaraty.

Foto: Bruno Batista VPR, postada por Radioagência Nacional

Sobre o Plano Amazônia 2021/2022, que substituiu a Operação Verde Brasil 2, de combate a ilícitos ambientais na Amazônia Legal, Mourão informou que vai avaliar nos próximos 10 dias se será necessário o envio das Forças Armadas para a região, pelo menos pelos próximos dois meses.

De acordo com Mourão, o Brasil ainda enfrenta uma temporada de desmatamento, com piora dos índices nos meses de março e abril, situação que, segundo ele, se repete neste mês de maio.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, em março, 367 quilômetros quadrados foram devastados na Amazônia Legal e em abril, 581.

A taxa consolidada de desmatamento para os nove estados da Amazônia Legal em 2020 foi de 11 mil quilômetros quadrados.

O objetivo do governo, segundo Hamilton Mourão, é diminuir esse índice para 8.600 quilômetros quadrados este ano. Mourão ressaltou que esse é um passo para o Brasil atingir a meta de zerar o desmatamento ilegal até 2030, conforme pactuado no Acordo de Paris.

O vice-presidente lamentou a ausência do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ou de um representante do ministério na reunião, mas destacou que o Grupo Gestor do Conselho Nacional da Amazônia tem realizado operações de fiscalização em áreas identificadas como prioritárias, compreendendo 11 municípios dos estados do Pará, Amazonas, Mato Grosso e Rondônia.

Publicado em 26/05/2021 – 23:14 Por Daniela Longuinho – Rádio Nacional – Brasília – Edição: Jessica Gonçalves / Alessandra Esteves – RADIOAGÊNCIA NACIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*