No Mato Grosso, Funai apoia produção de arroz do povo Bakairi

A Coordenação Regional (CR) de Cuiabá, umas unidades descentralizadas da Fundação Nacional do Índio (Funai) no Mato Grosso, tem apoiado a produção de arroz realizada por agricultores da etnia Bakairi.

Foto: Divulgação FUNAI

O cultivo é desenvolvido na Terra Indígena Santana, no município de Nobres (MT), a 280 quilômetros ao norte da capital do estado.

A Funai apoia a atividade por meio da disponibilização de maquinário, fornecimento de combustível, entre outros. A plantação do alimento possui cerca de 72 hectares, sendo que a área total do território indígena é de aproximadamente 35.470 hectares.

“A produção agrícola ajuda na melhoria de qualidade de vida do povo Bakairi, que é agricultor por natureza. Com 320 anos de contato [com não indígenas], aprendemos a lidar com a terra. Plantamos e colhemos todo tipo de grãos. Mas nem por isso deixamos nossa cultura, línguas e danças”, destaca a liderança indígena Edson Bakairi, um dos responsáveis pelas atividades produtivas da etnia.

Segundo o coordenador da CR Cuiabá, Benedito Garcia Araújo, o projeto é motivo de orgulho. “Todo o trabalho é realizado pela própria comunidade indígena e está de parabéns. A colheita do arroz deve ocorrer em meados do mês de abril deste ano”, comenta Araújo.

Assessoria de Comunicação/Funai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*