São Félix do Xingu recebe equipamentos para regularização ambiental e combate ao desmatamento

O repasse, feito pelo governo por meio da Semas, será importante para o Cadastro Ambiental Rural e a restauração florestal

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) repassou na quinta-feira (11) para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Félix do Xing, na região Sudeste, equipamentos de informática que serão utilizados em ações locais de Cadastro Ambiental Rural (CAR), como análise e validação, análise de PRA (Programa Regularização Ambiental) e restauração florestal. Foram entregues três computadores desktop completos, três aparelhos no-break, uma impressora e um GPS de navegação.

A aquisição do material ocorreu por intermédio do Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente em convênio com a ONG Conservação Internacional, e fomento do Banco Mundial (Bird). O fornecimento dos equipamentos está previsto no Plano Operacional Anual (POA), biênio 2019-2020, do “Paisagens Sustentáveis”. No Pará, o projeto é executado em conjunto pela Semas e pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio).

Trabalho conjunto – O secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro O’de Almeida, planeja um trabalho alinhado com o município visando à redução do índice de desmatamento local. “Nós entregamos equipamentos dentro do Projeto Paisagens Sustentáveis, entregamos computadores completos, no-breaks, GPS, para ajudar na elaboração e na validação de CAR. Eles já estão habilitados para isso. E também para ajudar em termos de alerta de desmatamento, tendo em vista que São Félix é o município que mais desmata no Pará, variando aqui e ali com Altamira. Mas a gente tem que vencer este estigma. Eu espero que a Secretaria de São Félix faça um bom trabalho junto com a gente, em alinhamento”, disse Mauro O’de Almeida.

O secretário adjunto de Gestão e Regularidade Ambiental da Semas, Rodolpho Zahluth Bastos, ressaltou o fortalecimento das gestões ambientais municipais como um dos principais objetivos da Secretaria. “A Semas busca sempre apoiar a estruturação dos órgãos ambientais municipais com o objetivo de promover a gestão ambiental compartilhada, possibilitando, assim, maior capilaridade da gestão ambiental através do apoio à capacidade dos municípios em exercer a gestão ambiental. É um dos papéis fundamentais do órgão estadual. Portanto, é uma satisfação muito grande para nós, da Semas, com o apoio do ‘Paisagens Sustentáveis’, proporcionar está entrega para o município de São Félix do Xingu”, assegurou.

Recuperação e regularização – O acordo de cooperação visa fortalecer as ações de inscrição dos imóveis rurais no Sistema de Cadastro Ambiental Rural (Sicar-PA), além de promover a adesão de agricultores ao Programa de Regularização Ambiental (PRA), garantindo assistência técnica para a elaboração, execução e acompanhamento dos Projetos de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (Pradas). A cooperação também contribui para a execução de projetos que fomentam a regularização ambiental, como o “Paisagens Sustentáveis da Amazônia”.

Sérgio Ricardo Benedetti, secretário de Meio Ambiente de São Félix do Xingu, afirmou que a parceria com a Semas é fundamental para a melhoria da atuação do órgão ambiental municipal. “É um grande recurso que a gente recebe. Nós estamos precisando de equipamento, e através da Semas estamos recebendo estes equipamentos para melhorar a performance de trabalho da nossa Secretaria. Esta parceria entre a Secretaria Municipal de São Félix do Xingu e a Semas é importantíssima para que a gente possa gerar resultados positivos em nosso município e, consequentemente, no Estado e no País em relação ao desmatamento. Estes computadores serão utilizados nos processos de análise de CAR, uma demanda importante, porque são equipamentos com uma configuração bem interessante, que vai dar celeridade aos processo”, garantiu o secretário municipal.

O projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia (Amazon Sustainable Landscapes – ASL) promove a conservação, o uso sustentável e a recuperação dos ecossistemas aplicados ao Sistema de Áreas Protegidas da Amazônia, Gestão Integrada da Paisagem e Políticas Públicas e Planos para a Proteção e Recuperação da Vegetação Nativa.

Por Anna Paula Mello (SEMAS)

PUBLICADO EM:            AGÊNCIA PARÁ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*