Comando Conjunto Norte identifica crimes ambientais no Pará

Altamira (PA) – No dia 5 de março, o Comando Conjunto Norte, formado pelo Comando Militar do Norte, do Exército; pelo 4º Distrito Naval, da Marinha do Brasil; e pela Ala 9, da Força Aérea Brasileira, identificou, por meio de sobrevoo, 19 pontos de desmatamento com indícios de queimadas recentes na região da terra indígena Trincheira Bacajá e em Pacajá, no Pará.

Crédito: 2º Sgt Cislynski

A ação faz parte das atividades da Operação Verde Brasil 2, que tem o objetivo de combater crimes ambientais na Amazônia Legal.

Crédito: 2º Sgt Cislynski

Com uma aeronave HM-1, do 1º Batalhão de Aviação do Exército (1º BAvEx), o 51º Batalhão de Infantaria de Selva (51º (BIS) realizou reconhecimento aéreo de pontos de desmatamento verificados em relatórios do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia.

Crédito: 2º Sgt Cislynski

Para a identificação, foram realizados sobrevoos no município de Pacajá e entre os municípios de Anapu e Senador José Porfírio. Divididos em fases, os trabalhos têm o objetivo de reconhecer mais de 50 pontos de desmatamento em um período aproximado de três dias.

Crédito: 2º Sgt Cislynski
Crédito: 2º Sgt Cislynski

Fonte: Comando Conjunto Norte       

PUBLICADO EM:  EXÉRCITO BRASILEIRO    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*