Aviso de Patrulha “Tucunaré” apreende embarcação com documentação falsa durante Operação “Verde Brasil II”

O Aviso de Patrulha (AviPa) “Tucunaré”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, abordou, no dia 15 de março, uma embarcação que transportava madeira em toras, nas proximidades de São Sebastião da Boa Vista (PA).

Militares da Marinha abordam embarcação irregular
próximo a São Sebastião da Boa Vista (PA) – Foto: Marinha do Brasil

Durante a Inspeção naval, constatou-se que o meio estava na Relação de Embarcações Fora de Tráfego da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, além de portar documentação falsa (Despacho e Título de Inscrição da Embarcação), colocando em risco a navegação nos rios.

A embarcação, formada pelo Empurrador “Thales” e a balsa “Dona Raimunda IV”, foi apreendida e lacrada no porto de destino, localizado em Icoaraci (PA). Já o Comandante da embarcação foi preso em flagrante pelos inspetores navais do “Tucunaré” e conduzido, com apoio da Polícia Militar do Estado do Pará, à Delegacia de Polícia Civil do município de São Sebastião da Boa Vista para as medidas cabíveis.

Embarcação irregular transportava toras de madeira Foto: Marinha do Brasil

A atividade de Inspeção Naval do AviPa “Tucunaré” foi realizada no contexto da Operação “Verde Brasil II”. Ele continuará presente na região, na Ilha do Marajó (PA), atuando em ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, além de prestar apoio aos órgãos estaduais e municipais da localidade. Ainda em aproveitamento da comissão, os militares conscientizam a sociedade sobre o combate à pandemia da Covid-19.

PUBLICADO EM:    MARINHA DO BRASIL   

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*