Alto Rio Negro recebe Ação Interministerial de Apoio à Vacinação

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Alto Rio Negro recebeu, no dia 3 de março, a Ação Interministerial de Apoio À Vacinação Contra a COVID-19 em Terras Indígenas no povoado de Iauaretê, município de São Gabriel da Cachoeira (AM).

Publicada em: Saúde Indígena

A ação foi realizada pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), e do Ministério da Defesa, por meio das Forças Armadas. “Estamos dando continuidade ao Plano Nacional de Vacinação em Terras Indígenas, atendendo 118 indígenas que estão aptos a receber essa vacinação na aldeia Taracuá Igarapé”, explicou o assessor técnico da SESAI.

Publicada em: Saúde Indígena

Assim como na aldeia Taracuá Igarapé, os indígenas da aldeia Santo Atanasio também foram vacinados. O objetivo da ação foi realizar busca ativa para vacinar aqueles indígenas que, por algum motivo, não puderam se vacinar na primeira vez que a Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena (EMSI) esteve na região.

“Hoje tomei a primeira dose da vacina contra o coronavírus. Eu gostei porque tinha perdido a primeira (visita da equipe). Graças a Deus hoje tomei essa vacina”, comemorou o agente indígena de saúde, Jovino Pinoa Socot.

Publicada em: Saúde Indígena

Até o momento, o DSEI Alto Rio Negro já vacinou 44% da população elegível à vacina no DSEI. Isso significa que mais de 7 mil indígenas receberam a primeira dose do imunizante. Os números devem variar nos próximos dias quando as EMSI retornarem das aldeias localizadas em áreas de difícil acesso com os índices da vacinação atualizados.

Alto Rio Negro

O DSEI Alto Rio Negro atende uma população de mais de 28.800 indígenas numa área de 138.020,94 km². Os indígenas pertencem a 54 etnias e estão distribuídos em 677 aldeias.

Publicada em: Saúde Indígena

Para atendê-los, o DSEI conta com 481 profissionais de saúde, 14 Unidades Básicas de Saúde Indígena, 25 Polos Base e uma Casa de Saúde Indígena.

A sede do Distrito está localizada em São Gabriel da Cachoeira (AM), fronteira com a Colômbia e a Venezuela e a 852 km da capital do estado, Manaus.

Brasil

Em nível nacional, o Ministério de Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), já vacinou mais de 270 mil indígenas com a primeira dose e 152 mil com a segunda dose da vacina contra a COVID-19 nos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).

A expectativa é que 410 mil indígenas e 20 mil profissionais de saúde indígena sejam imunizados nos próximos meses. A imunização ocorre em aproximadamente 6 mil aldeias e inclui indígenas maiores de idade e atendidos pelo SasiSUS e especificidades da ADPF 709. Até o momento, mais de 96.500 indígenas receberam a segunda dose do imunizante e concluíram o ciclo de vacinação contra a COVID-19.

PUBLICADO EM:    SAÚDE INDÍGENA – MINISTÉRIO DA SAÚDE  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*