Projeto dará capacitação em empreendedorismo para mulheres vítimas de escalpelamento

Parceria firmada entre MPT e UNOPS tem como objetivo gerar emprego e renda

O Tarde Nacional desta quarta-feira (17) falou sobre uma parceria firmada entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) para capacitar mulheres vítimas de escalpelamento no norte do país.

A entrevistada foi a Procuradora do Trabalho, Tatiana Amormino. Ela é coordenadora do GT Escalpelamento por Embarcações da Coordenadoria Nacional de Trabalho Portuário e Aquaviário (Conatpa).

Amormino explicou que a ideia para iniciativa surgiu após uma pesquisa feita com vítimas desse tipo de acidente. O levantamento mostrou que mais de 70% dessas mulheres não trabalham e que 73% têm interesse em montar o próprio negócio.

“O objetivo do projeto é permitir uma inserção dessas vitimas no mercado de trabalho (…). É muito relevante gerar essa autonomia e essa renda, permitindo uma independência financeira e uma consequente independência também em relação ao próprio poder de decisão da vida delas. Poder de decisão sobre suas vidas e seus negócios”, ressaltou a entrevistada.

Tatiana Amormino explicou ainda como serão implementadas as próximas etapas do projeto e como as interessadas podem se inscrever no curso de empreendedorismo.

Quer saber mais? Então clique no player acima e confira a entrevista na íntegra!

O programa Tarde Nacional – Amazônia vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 13h às 15h, na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya.

FONTE:   RÁDIOS EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.