FAB atinge marca de mais de 100 horas voadas e cerca de 110 toneladas transportadas

Aviões C-130 Hércules promoveram o transporte de tanques de oxigênio líquido na madrugada deste sábado (16). Outra aeronave KC-390 também foi empregada nesta data para transporte de insumos.

Em continuidade ao emprego de aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) na Operação COVID-19, intensificada na capital amazonense, dois aviões C-130 Hércules realizaram missões na madrugada deste sábado (16). Operados pelo Esquadrão Gordo (1º/1º GT), os aviões decolaram da Base Aérea de São Paulo (BASP), em Guarulhos (SP), com destino a Manaus (AM).

Com estas missões, a FAB atinge a marca de 114 horas voadas e cerca de 110 toneladas transportadas em nove dias de intensa atividade no Amazonas.

A primeira aeronave, FAB 2467, decolou, nesta sexta-feira (15), às 22h31, de Guarulhos (SP), e pousou às 03h58, em Manaus (AM). A segunda aeronave, FAB 2477, decolou às 3h30 e pousou às 09h23, de acordo com o horário de Brasília. No total, as duas aeronaves transportaram 13 tanques de oxigênio líquido.

Também neste sábado (16), um KC-390 Millennium, operado pelo Esquadrão Zeus (1°/1° GT), realizou o transporte de material hospitalar, camas, tendas e gerador, totalizando 4.330 quilos de carga. A aeronave decolou de Recife (PE), às 8h48 (horário de Brasília) com destino a Manaus (AM). O Sargento Ricardo Duarte da Cunha, Loadmaster do KC-390, profissional responsável pela carga da aeronave, explica que o material transportado dará apoio a população amazonense. “É muito gratificante ver a nossa aeronave ser empregada em uma missão que busca levar alento à sociedade, que neste momento passa por uma situação crítica”, disse.

Piloto de uma das aeronaves C-130 Hércules que realizaram o transporte, o Capitão Aviador Cayo Cesar Magalhães destaca o orgulho em participar das missões. “É muito gratificante participar de uma ação como esta, tanto como militar como cidadão brasileiro. Eu sei que, de alguma forma, estou sendo útil para a nação brasileira e ajudando a salvar vidas”, disse.

O Comando da Aeronáutica está dedicando permanentemente o esforço do seu efetivo e de suas aeronaves 24 horas por dia e 7 dias por semana em atendimento às necessidades da sociedade brasileira no enfrentamento à pandemia da COVID-19. Desta forma, as aeronaves da FAB estão em contínuo apoio à sociedade brasileira com transporte aéreo logístico e intensificaram as missões relacionadas à crise de saúde encontrada na capital amazonense em função da pandemia de COVID-19.

Transporte de cerca de 110 toneladas

Nos dias 8 e 10 de janeiro, a FAB transportou mais de 24 toneladas de tanques de oxigênio para Manaus (AM), por meio do C-130 Hércules. No dia 13, a aeronave KC-390 Millennium transportou mais de oito toneladas de equipamentos para Manaus; e no dia 14, duas aeronaves C-130 Hércules transportaram mais de 18 toneladas de tanques de oxigênio líquido, sendo que cada aeronave  transportou seis. Nesta sexta-feira (15), também ocorreu transporte de insumo e de oxigênio, realizado pelos aviões KC-390 Millennium e C-130 Hércules, para Manaus (AM), com mais 19,5 toneladas de carga.

Até o momento, a FAB já transportou aproximadamente 110 toneladas, entre insumos hospitalares, materiais para instalação de Hospital de Campanha e tanques de oxigênio líquido. Já foram levados 36 tanques de oxigênio líquido, o que significa cerca de 3.700 cilindros de oxigênio de 7m3. Todos os equipamentos, insumos e materiais se destinam a hospitais para o combate ao novo Coronavírus em Manaus.

Transporte de pacientes

No dia 15 de janeiro, a FAB iniciou o transporte de pacientes, acompanhados de equipes de saúde, de Manaus (AM) para outros estados do País. Duas aeronaves C-99 do Primeiro Esquadrão do Segundo Grupo de Transporte (1º/2º GT) – Esquadrão Condor, foram acionadas pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) e cumprem as missões  que têm como objetivo minimizar os impactos no sistema de saúde da capital amazonense. No dia 15, foram transferidos nove pacientes para Teresina (PI) e 12  para São Luís (MA). Neste sábado ocorreu novo voo de Manaus para São Luís, com 11 pacientes e seis profissionais de saúde. A aeronave decolou às 13h18 e pousou às 15h50 (horário de Brasília).

Operação COVID-19

Proteger os cidadãos é uma das funções precípuas das Forças Armadas. Nesse intuito, o Ministério da Defesa, a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira enfrentam, juntos, a pandemia de COVID-19 no País. A Operação ocorre em um espaço territorial de grandes proporções, nas 27 unidades federativas, com características e necessidades diferentes e com uma população de cerca de 210 milhões de pessoas.

As ações envolvem descontaminação de espaços públicos, doações de sangue, transporte de medicamentos e equipamentos de saúde, higienização de lugares públicos, dentre outras. Na execução dessas atividades, os militares atuam organizados em dez Comandos Conjuntos que cobrem todo o território nacional, bem como no Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Esses Comandos reúnem militares das três Forças, que desenvolvem esforços no cumprimento das missões.

Acompanhe a página especial sobre a atuação da FAB na Operação COVID-19.

Confira mais fotos da Operação COVID-19 no Flickr oficial da FAB.

Fotos: Tenente Dantoniele, Soldado Ezequiel / Ala 8, Soldado Siqueira/BASP

Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Cristiane

Edição: Agência Força Aérea   

PUBLICADO EM:     FORÇA AÉREA BRASILEIRA – FAB   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.