Grupo de Combate ao Desmatamento na Amazônia (GCDA) atua em Roraima

Boa Vista (09/12/2020) – Durante todo o mês de novembro, o Ibama atuou contra o desmatamento ilegal na região sul do estado de Roraima em operação comandada pelo Grupo de Combate ao Desmatamento na Amazônia (GCDA).

– Foto: Cipa/PM

As ações, executadas em parceria com a Companhia Independente de Policiamento Ambiental da Polícia Militar (Cipa/PM) de Roraima e com o Exército Brasileiro, resultaram na apreensão de madeiras nativas sem origem comprovada e na suspensão das atividades de oito empresas madeireiras que agiam em desacordo com a legislação ambiental. Além disso, foi vistoriada a execução de dois Planos de Manejo na região.

No período, foram lavrados 22 Autos de Infração, que somaram R$ 835.123,74 em multas, e apreendidos 497m³ em toras e 407 m³ em madeira serrada. Parte dos bens confiscados estavam aguardando transporte, escondidos nos fundos de uma das empresas autuadas. Nenhuma das peças possuía Documento de Origem Florestal.

A Operação deu continuidade a outras ações executadas no estado pelo GCDA em outubro. Na ocasião, o Grupo fiscalizou localidades indicadas em alertas de desmatamento e áreas utilizadas como apoio à atividade de garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami: foram lavrados R$ 1.672.050,00 em multas, apreendidos 1.170 litros de combustível (gasolina de aviação) e duas aeronaves foram encaminhadas à Polícia Federal.

Diferente de outros estados da Amazônia Legal, Roraima está no início do período de seca, nesse contexto, novas operações estão em curso visando o combate às queimadas, assim como, ao desmatamento e garimpos ilegais.

Grupo de Combate ao Desmatamento na Amazônia (GCDA)
Superintendência do Ibama em Roraima
Assessoria de Comunicação do Ibama

PUBLICADO EM:      IBAMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*