Japão doa equipamentos de combate a incêndio ao Brasil com apoio do UNOPS

O governo do Japão doou equipamentos de combate a incêndio para fortalecer as ações do governo brasileiro de proteção florestal na região amazônica. O UNOPS, organismo das Nações Unidas especializado em aquisições, comprou os equipamentos e finalizou as entregas na última terça-feira (03).

UNOPS entregou equipamentos para combate a incêndio doados pelo governo do Japão – Foto | Matheus Bastos/UNOPS

A ação foi coordenada pela área de Cooperação Humanitária da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), ligada ao Ministério das Relações Exteriores. Os equipamentos foram entregues ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), autarquias vinculadas ao Ministério do Meio Ambiente.

No total, foram comprados 3 mil itens como luvas, capacetes, óculos de proteção, lanternas, jaquetas e calças com tecidos especiais e próprios para o enfrentamento a incêndios e 109 purificadores de água portáteis que comportam até 5 mil litros de água por dia e podem ser utilizados com placa solar. Os equipamentos doados têm qualidade superior e são mais seguros que os utilizados atualmente. Assim, aumentam a segurança de brigadistas no combate a incêndios, contribuindo para que as queimadas sejam controladas e as áreas preservadas.

O embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, explicou que o objetivo da doação é proteger as áreas de alto risco de incêndio florestal, incluindo povos indígenas e pequenos agricultores, e mitigar os danos causados pelos incêndios. “A fonte desta cooperação financeira são os impostos pagos pelo povo japonês, por isso, esperamos que os equipamentos adquiridos por meio dela sejam utilizados de forma adequada e eficaz”, afirmou.

Para a representante do UNOPS no Brasil, Claudia Valenzuela, proteger a Amazônia é essencial para o desenvolvimento sustentável do Brasil. “Deter o desmatamento e a perda de biodiversidade, reduzir a degradação de habitats naturais e evitar a extinção de espécies ameaçadas são objetivos da Agenda 2030”, explicou. Ainda segundo ela, por essa razão o UNOPS fez compras nacionais e internacionais com transparência e qualidade, garantindo equipamentos úteis para a proteção da floresta e das pessoas.

Brigadista do ICMBio recebe luvas de proteção doadas pelo Japão e compradas pelo UNOPS – Foto | Matheus Bastos/UNOPS

O presidente do Ibama, Eduardo Bim, destacou a importância do projeto e deu mais detalhes sobre as doações do governo japonês, que ocorrem desde 2019.  “No ano passado, foram doadas barracas e isolantes térmicos, que são como colchonetes. Este ano, as doações foram ampliadas, e  brigadistas receberam diversos equipamentos de combate a incêndios florestais”, afirmou, lembrando que isto trará mais qualidade de vida para os trabalhadores.

“Esses equipamentos vêm se somar ao esforço de combater os incêndios florestais nas áreas protegidas brasileiras, preservando-as para essa e as futuras gerações”, afirmou o diretor de Criação e Manejo de Unidades de Conservação do ICMBio, Marcos Simanovic.

COVID-19 – Na última quinta-feira (29), UNOPS e o governo japonês assinaram um acordo para compra e doação de equipamentos médicos para fortalecer a resposta do Brasil à pandemia da COVID-19. A agência da ONU será responsável pela aquisição de 4,8 milhões de dólares em equipamentos que serão doados a hospitais públicos do Sistema Único de Saúde (SUS), segundo as necessidades indicadas pelo Ministério da Saúde. A iniciativa é realizada no âmbito da cooperação entre Brasil e Japão e foi coordenada  pela área de Cooperação Humanitária da Agência Brasileira de Cooperação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.