Ministério vai receber R$ 134 milhões para combate a incêndios

Anúncio foi feito pelo vice-presidente Hamilton Mourão

O governo vai desbloquear R$ 134 milhões para o ministério do Meio Ambiente. O anúncio foi feito pelo vice-presidente Hamilton Mourão nesta sexta-feira (23). A declaração dele veio depois que o Ibama ordenou que os agentes de combate a incêndios que estivessem em campo voltassem para suas bases nessa quinta-feira (22). O vice-presidente explicou.

 “O Salles vem desde julho, na reunião que tivemos do conselho, ponderando que o tesouro tinha que liberar o recurso, porque aquele recurso não ficou com ele. se tivesse ficado com ele, ok, mas não ficou, foi mandado para os estados. E aí esse negócio ficou naquele vai pra lá, vai pra cá. E agora ficou acertado, decidido ontem, nós conversamos, conversei com o Braga Netto, e vai ser liberado os R$ 134 milhões dele”.

Mourão disse ainda que o bloqueio dos recursos aconteceu por causa do teto de gastos, que impactou no orçamento do meio ambiente.

“Tem aquele recurso da lava-jato do ano passado, que o Alexandre de Moraes determinou que fosse entregue para os estados. Ele passaria ali pelo meio ambiente e pela agricultura e foi entregue aos estados. O Meio Ambiente entregou esse recurso no começo do ano. Pelo problema do teto de gastos, ao recurso passar por dentro do orçamento, ele impactou o orçamento do ministério do Meio Ambiente”.

Nessa quinta-feira (22), cerca de 1400 brigadistas foram orientados a paralisar os trabalhos em campo, numa tentativa de pressionar o Ministério da Economia a liberar os recursos bloqueados.  A paralisação chegou a ser oficializada pelo Ministério do Meio Ambiente e pelo Ibama, mas as entidades voltaram atrás pouco tempo depois.

Publicado em sexta-feira, 23 Outubro, 2020 – 15:46 Por Anna Luisa Praser – Brasília – Edição: Fabiana Pelles – Radioagência Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.