Choca-do-acre, ave rara que só é encontrada na Serra do Divisor

Animal é considerado novo pela ciência, tendo sido descrito pela primeira vez em 2004.

CONTILNET

Ela é pequena e leve, medindo cerca de 16cm e com aproximadamente 23g. Os machos têm cor cinza-azulada, enquanto que as fêmeas possuem peito e ventre alaranjados. Essa é a choca-do-acre, um animal raro que só pode ser encontrado no extremo sudoeste do estado, mais precisamente no Parque Nacional da Serra do Divisor, uma área de proteção integral considerada um dos últimos santuários intocados da Amazônia brasileira.

Conhecida cientificamente como Thamnophilus divisorius, a ave é considerada nova pelos estudiosos, tendo sido descrita pela primeira vez em 2004. Ela habita áreas de bosques, a cerca de 500m de altitude, e adora comer insetos, especialmente grilos e lagartas.

“A choca-do-acre torna-se única para nossa região por conta da sua distribuição geográfica, sendo considerada uma espécie endêmica”, explicou a mestra em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais pela Universidade Federal do Acre (Ufac), Maíra Santos. O endemismo é um conceito da biologia para se referir a animais encontrados apenas em uma região.

“Observadores de aves (birdwatching) de outros estados do Brasil e até mesmo de outros países, incluem o parque como um dos pontos turísticos para a observação e registros sonoros e fotográficos de aves, movimentando assim a economia local com o ecoturismo”.

Diferente dos machos, que são totalmente escuros, as fêmeas da choca-do-acre possuem peito e ventre alaranjados / Foto: Ricardo Plácido

De acordo com o biólogo Ricardo Plácido, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a choca-do-acre só é encontrada na Serra do Divisor por causa da geografia do local.

“As elevadas altitudes, com montanhas acima de 400 metros, associadas ao tipo de vegetação mais baixa e de solo bem drenado, propiciam um ambiente favorável para a espécie. Além disso, ela evoluiu naquele ambiente serrano de floresta submontana da Serra do Divisor, que seria ‘a franja da Cordilheira dos Andes’, digamos assim”.

Ameaça

A União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) diz que o estado de conservação da choca-do-acre é pouco preocupante, ou seja, não é um animal ameaçado de extinção. No entanto, a pesquisadora Maíra Santos acredita que esse status pode mudar por conta de pressões que o parque sofre atualmente.

Uma delas é o Projeto de Lei de número 6.024, apresentado no ano passado na Câmara pela deputada federal Mara Rocha (PSDB-AC), que extingue o Parque Nacional da Serra do Divisor e transforma o território em Área de Proteção Ambiental (APA), o que possibilitaria a presença humana na região e a exploração dos recursos naturais.

A proposta diz que o PNSD é a única região do Acre que possui rochas que podem ser extraídas e utilizadas na construção civil, “de maneira a fomentar o desenvolvimento econômico do estado e baratear as obras públicas que o povo tanto necessita”.

Parque Nacional da Serra do Divisor é um dos últimos santuários intocados da Amazônia brasileira e está ameaçado por um projeto de lei de uma deputada do Acre / Foto: Marcos Vicentti

Além disso, o PL entende que a mudança de classificação vai ajudar a alavancar a construção de mais uma estrada para o Peru, que cortará o parque ao meio. A obra é uma demanda dos setores produtivos e comerciais do estado e tem o apoio do governo local e federal.

Maíra vê com preocupação tanto a reclassificação quanto a rodovia. “Essa mudança juntamente com a abertura de estradas, facilita a exploração da fauna e flora, podendo assim levar a choca-do-acre à extinção rapidamente, por conta da distribuição restrita somente ao Parque e do baixo número de indivíduos dessa espécie”, alerta.

“Atualmente, só há registros da choca-do-acre no Parque Nacional da Serra do Divisor e no Peru, não havendo registros na literatura dessa espécie em outros locais. Daí a extrema importância da proteção do parque para a biodiversidade”, finaliza a bióloga.

LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET   

PUBLICADO EM:   CONTILNET NOTÍCIAS     –    O ALTO ACRE   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.