Centro de testagem de Roraima recebe doação de equipamentos para exames clínicos

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Roraima, órgão responsável por realizar testes de Infecções Sexualmente Transmissíveis e encaminhar para tratamento, recebeu um conjunto de equipamentos doados por Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS).

Equipamentos foram doados por UNFPA e UNAIDS. Foto: UNFPA/Pedro Sihabi

Com os novos equipamentos, o CTA poderá disponibilizar diagnósticos de confirmação para sífilis no mesmo dia do exame, iniciando a medicação quando necessário. Foram entregues um microscópio, uma centrífuga, um agitador orbital, um banho-maria para laboratório, analisador bioquímico, homogeneizador e placa de kline.

O secretário de Estado da Saúde de Roraima, Marcelo Lopes, afirmou que “a parceria com o UNFPA se demonstra fundamental para a sociedade de Roraima. A gente assinou um protocolo outro dia e já estamos colhendo os frutos hoje. A gente sabe da burocracia do serviço público, das questões burocráticas das aquisições internacionais, mas o UNFPA demonstra ser uma instituição com agilidade, que na minha história de gestor nunca vi”.

“Quero parabenizar o UNFPA e destacar que nosso Centro de Testagem e Aconselhamento ansiava por esse momento. Temos a possibilidade de fazer todo o atendimento da população que necessita desse trabalho”, acrescentou Lopes.

Segundo a coordenadora da Vigilância Sanitária do estado, Valdirene Oliveira Cruz, o principal objetivo é acesso e resolutividade. “Com os equipamentos vamos conseguir fechar o diagnóstico e, se precisar, administrar a medicação. Também faremos exames prioritários para a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (novo método de prevenção à infecção pelo HIV), que está sendo implementada pelo CTA”.

O oficial de programa do UNFPA Caio Oliveira explicou que “hoje o mundo enfrenta uma epidemia de sífilis, e o diagnóstico precoce associado ao tratamento imediato, são ações fundamentais para frear a circulação da bactéria causadora da doença, a treponema pallidum, entre a população. O tratamento da sífilis ainda contribui para a redução da transmissão do HIV numa perspectiva de prevenção combinada”.

Oliveira destacou que os equipamentos vão proporcionar um período mais curto para o diagnóstico da sífilis. “O tratamento é imediato, ou seja, a pessoa vai poder fazer o teste, receber o diagnóstico na mesma hora e realizar o tratamento no mesmo local. Isso não acontecia antes porque era feito no laboratório central de Roraima. Agora será mais rápido e isso é fundamental para o plano de eliminação da sífilis”, finalizou.

O chefe de escritório do UNFPA em Roraima, Igo Martini, destacou a importância de fortalecer as capacidades locais da rede de saúde. “Esta é uma ação de desenvolvimento que estava no compromisso do memorando que assinamos com o governador e irá deixar um legado para Roraima.”

“Todas as ações previstas foram planejadas a partir de diálogos constantes com as equipes técnicas da Secretaria de Estado da Saúde. O que vemos no CTA é fruto do diálogo que temos com o governo do estado de Roraima para que a gente desenvolva ações na área de saúde sexual e reprodutiva, além daquelas que já desenvolvemos com a mulheres em situação de violência, pessoas LGBTI, pessoas indígenas, com deficiência e juventudes.”

UNAIDS – United Nations Joint Programme on HIV and AIDS Secretariat
UNFPA – Fundo das Nações Unidas para a População

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.