Operação Ouro Verde combate ilícitos ambientais na Flona de Jamanxim

Fiscais do ICMBio multaram infratores em mais de R$ 10 milhões.

A fiscalização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) lavrou 15 autos de infração com multas que ultrapassam R$ 10 milhões, e embargados mais de 2 mil hectares.

Essa é parte do resultado da Operação Ouro Verde que está acontecendo na Floresta Nacional do Jamanxim, localizada em Novo Progresso, no Pará. A Operação contou com a participação do Grupo Estratégico de Fiscalização do ICMBio, e do apoio do Censipam e da Força Nacional de Segurança.

A equipe, que continua em campo, também inutilizou maquinário e veículo usados em desmatamento, bem como foi desativado um garimpo em início de exploração. Dois infratores foram conduzidos para a delegacia de Novo Progresso, onde foram indiciados por desmatamento, caça e porte ilegal de arma.

Os agentes realizaram incursões no interior da Flona e constataram uma série de ilícitos ambientais, em especial desmatamentos para atividade pecuária e o início de exploração garimpeira.

A ação faz parte da Operação Tolerância Zero contra os crimes ambientais. Para isso, o ICMBio conta com vários agentes de fiscalização em campo atuando dentro das unidades de conservação federais.

Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.